Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/1130
Tipo: masterThesis
Título: A relação entre as competências organizacionais do Tecnopuc e os fatores de competitividade de empresas desenvolvedoras de software instaladas neste parque tecnológico
Autor(es): Pardo, Wladimir Ribeiro
Orientador: Becker, Grace Vieira
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Administração e Negócios
Fecha de Publicación: 2012
Palabras clave: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
COMPETÊNCIA (ADMINISTRAÇÃO)
COMPETITIVIDADE
PARQUES TECNOLÓGICOS
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO
Resumen: The main goal of this study consists on improving the knowledge about the relationship between Science Parks‘ organizational competences and the competitive factors of software engineering companies established at the TECNOPUC Science Park. In order to achieve this objective, four concepts were thoroughly studied to build up a theoretical base. Firstly, the study aimed to come up with a much better understanding about what an organizational competence means based upon who has studied this topic over the last twenty years. The second step was to research on Science Parks: how they work, its history, key success factors and so on. The Information Technology (IT) branch is the third concept, focusing on software engineering organizations and how they function. Lastly, this paper studied the theory, prior researches and all the knowledge regarding competitiveness. The methodology was based on a multi-case study of an explorative and qualitative nature. Data was obtained through half-structured interviews, carried out with the TECNOPUC managers, specialists on competitiveness and the employees of the companies established on the TECNOPUC. The companies‘ websites as well as other scientific papers have also been researched. The data obtaining started with TECNOPUC managers and their view about park competences, in order to validate the existence of the Science Park competences. The same approach was used to validate competitiveness factors through specialists on the subject.The third step sought to identify and characterize, interviewing the companies‘ employees, the existence of a relationship between competences and competitiveness factors. After all the data obtaining, it was time to analyze and compare it to the theoretical basis previously built. A few conclusions can be pointed out from this data crossing. The interviews analysis identifies a few positive factors from the relationship between companies and the TECNOPUC, such as: human resource capacity, infrastructure, as well as the brand TECNOPUC. These examples empower companies to create competitive advantages inside their market. However, there are other factors, such as the integrate projects management between colleges and companies, that could be enhanced on a financial way, on the human resources maintenance, relationship with academy resources, among others. As a final conclusion, it is important to point out something: there are lots of opportunities to enhance the relationship between the TECNOPUC and companies, besides other involved actors, such as the government and venture capital companies. This enhancement cannot, nonetheless, be seen just from the Park‘s side, or just from the companies‘ view, but from all the subjects involved. Every party has its own responsibility in the process. The Park‘s successfulness lays on everybody‘s collaboration.
O objetivo central deste estudo consiste em aprofundar a compreensão sobre como um Parque Tecnológico – o TECNOPUC, da PUCRS –, com as suas competências, se relaciona com os fatores que influenciam na competitividade das empresas desenvolvedoras de software, instaladas neste Parque. Para isso, fez-se uma revisão teórica, considerando quatro constructos: competências organizacionais, parques tecnológicos, empresas de TI e competitividade. Primeiramente, busca-se entender mais a respeito do que seja uma competência organizacional, consultando autores que estudaram o assunto, nos últimos vinte anos e, finalmente, definindo um conceito, com base nesses estudos. Em segundo lugar, são pesquisados os parques tecnológicos, seu histórico, fatores de atratividade e de sucesso, entre outras questões. As empresas de TI (Tecnologia da Informação) são o terceiro constructo, tendo em vista que o foco da pesquisa dirige-se ao setor desenvolvedor de software. Finalmente, a competitividade foi amplamente pesquisada, para ter-se como avaliar este fenômeno no setor estudado. A opção metodológica é pelo estudo de caso, de natureza exploratória e qualitativa, utilizando-se alguns instrumentos para a coleta de dados, como roteiros de entrevistas semi-estruturadas, enviados a gestores do Parque, especialistas no tema ?competitividade?, além de gestores de algumas das empresas desenvolvedoras de software que estão neste Parque. A pesquisa inclui, ainda, consultas a sites das empresas envolvidas na pesquisa, bem como em outras dissertações realizadas sobre temas correlatos. No primeiro processo de entrevistas são obtidos elementos para validar as competências do Parque junto aos gestores do TECNOPUC.A segunda etapa tem, como objetivo, confirmar, com especialistas no tema da competitividade, os fatores elencados para caracterizar as relações entre as competências e a competitividade do setor. Na terceira e última fase são realizadas entrevistas com gestores das empresas, buscando identificar a existência das relações e as caracterizar, através de exemplos ou conceitos adotados. Após reunir todos os dados, parte-se para a análise, comparando-os com a base teórica elaborada inicialmente. Algumas conclusões podem ser tiradas deste cruzamento de informações. A análise das entrevistas identifica alguns fatores positivos nas relações das empresas com o TECNOPUC, como: a capacidade do capital humano, a infraestrutura, bem como a marca TECNOPUC. Esses elementos fortalecem as empresas para que possam criar vantagens competitivas no seu mercado de atuação. Porém existem outros fatores, como o gerenciamento de projetos integrados entre as faculdades e as empresas, que poderia ser aperfeiçoado, principalmente no aspecto financeiro, na manutenção dos recursos humanos e na integração com os recursos da Academia, entre outros. Em uma conclusão final, é possível destacar um aspecto importante. Há muitas oportunidades para melhorar as relações entre o TECNOPUC e as empresas, além de outros atores envolvidos, como o governo, nas suas várias instâncias, e empresas de venture capital. Esta proposta de avanço, no entanto, não pode ser vista somente pelo lado do Parque, ou das empresas, mas por todos os sujeitos envolvidos, pois cada um tem sua responsabilidade neste processo, e é correto dizer que o sucesso do Parque depende da colaboração de todos os participantes deste arranjo.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1130
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000443576-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo5,11 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.