Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/1156
Type: masterThesis
Title: Relações interorganizacionais e formas de governança praticadas nos prestadores de serviços de saúde: um estudo de caso em uma organização hospitalar privada
Author(s): Farias, Fatima Izabel Dornelles
Advisor: Hansen, Peter Bent
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Administração e Negócios
Issue Date: 2007
Keywords: ADMINISTRAÇÃO DE EMPRESAS
PARCERIAS
ADMINISTRAÇÃO HOSPITALAR
GOVERNANÇA CORPORATIVA
SERVIÇOS DE SAÚDE
Abstract: O cenário econômico e social têm levado os diversos meios produtivos a uma busca constante por inovações, e a competição, antes mobilizada por empresas isoladamente, hoje assume um caráter mais sistêmico. As empresas começam a transitar em torno de outras possibilidades de organização para aumentar suas potencialidades, otimizar recursos, ganhar mercados e aprimorar suas capacidades. As redes interorganizacionais, parcerias e alianças estratégicas estão sendo formadas para atender a estas necessidades. Com os prestadores de serviços em saúde não têm sido diferente e novos arranjos produtivos estão se formando, com os mais diferentes objetivos. No entanto, é imperativo que para novas formas de relacionamento, novas estruturas de governança sejam adotadas para gerenciar as interfaces e garantir resultados superiores para os parceiros. Conhecer e compreender os fatores que afetam as relações interorganizacionais pode colaborar para que estruturas de governança adequadas sejam utilizadas buscando os resultados de um empreendimento conjunto. O objetivo deste estudo vem ao encontro destas necessidades: analisar as relações interorganizacionais e as formas de governança praticadas no ambiente hospitalar privado. O método utilizado para o alcance dos objetivos foi um estudo de caso único. Os resultados foram descritos considerando três dimensões de análise: prestação de serviços no ambiente hospitalar privado, relações interorganizacionais e formas de governança. A partir da estrutura de pesquisa montada para o estudo foi possível verificar que as relações interorganizacionais no ambiente hospitalar pesquisado são de caráter formal, prevalecendo mecanismos igualmente formais para a coordenação das atividades. A estrutura de governança mais utilizada é a chamada semi-hierarquia, mais adequada quando os riscos são altos e a competência do parceiro não pode ser generalizada.
The economic and social panorama has led different productive means to the constant search of innovation, and competition, first individually mobilized by companies, and now more systemic. Companies begin to thinking about other organizational possibilities to increase their potentialities, optimize their resources, gain new markets and improve their capabilities. Interorganizational networks, partnerships and strategic alliances are being formed to meet these needs. This is not different in the healthcare service industry, and new productive arrangements are being formed, with many different objectives. However, new governance structures are imperative for those new arrangements in order to manage the interfaces and assure higher outcomes for their partners. Knowing and understanding the factors affecting interorganizational relationships can contribute to use suitable governance structures, looking for the outcomes of a joint undertaking. The objective of this study meets these needs: analyzing the interorganizational relationships and governance forms used within the private hospital environment. The method used to reach this objective was the case study. The results were described considering three analysis dimensions: service supply within the private hospital environment, interorganizational relationships and governance forms. From the research structure, it was possible to verify that interorganizational relationships within the studied hospital environment are formal, formal mechanisms also prevailing in the coordination of the activities. The most used governance structure is called semi-hierarchy, more suitable when risks are high and partners' competition cannot be generalized.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1156
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000394485-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo797,75 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.