Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1232
Registro Completo de Metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorOliveira, Mírianen_US
dc.contributor.authorNodari, Felipeen_US
dc.date.accessioned2013-08-07T18:41:07Z-
dc.date.available2013-08-07T18:41:07Z-
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/1232-
dc.description.abstractKnowledge is currently considered a major organizational resource, as it can enable the achievement of competitive advantage, and its management is a challenge for contemporary organizations. The knowledge sharing, defined by the process by which a unit is affected by the knowledge or experience of another unit, is considered one of the main processes of knowledge management, as it can enable improvements in organizational performance by increasing the value of knowledge assets. The knowledge sharing is composed of two processes, the knowledge donation, defined by the communication of the intellectual capital from one individual to another and the knowledge collection, which is the consultation to others to get them to share their intellectual capital. The knowledge sharing may occur both in the intra-organizational level, within the limits of the organization, as the inter-organizational level, with the external environment. The absorptive capacity, defined by the organization's ability to add new knowledge to the pre-existing ones, is proposed as a mediator between knowledge sharing and organizational performance, measured in this work by a benchmarking perspective. Thus, is proposed the following research goal: to determine the relationship of intra and inter-organizational knowledge sharing processes, mediated by absorptive capacity, with organizational performance. The research was conducted in two stages. The first, qualitative, in order to review and evaluate the theoretical model developed from the literature review. At this stage, six experts of knowledge management and business management were consulted through semi-structured interviews, and was used content analysis to process the data. In the next step, in order to validate the research model, the survey method was adopted. The instrument was responded by members of senior management, and was obtained 241 valid questionnaires. The data were analyzed using confirmatory factor analysis, generating a valid measurement model. Further, the structural model was proposed, in order to explain the causal relationships between the constructs. Among the main results, was empirically demonstrated that, mediated by absorptive capacity, the processes of knowledge sharing have positive influence in organizational performance. The mediator role of absorptive capacity between knowledge sharing and organizational performance was confirmed, as well the relationship between intra and inter-organizational sharing and between intra-organizational sharing and performance. Through this work, we developed a measurement model, thus allowing its use in future research about the relationship of the constructs involved, and a structural model, in order to contribute to elucidate variables that have impact in organizational performance. Managerially, this research points to the development of skills related to the recognition and use of sources of knowledge, since it is an ability that, if developed, positively impacts the performance of the organizations, and also to the question that the assets related to knowledge have a greater possibility of generating value if they are shared between individuals and also with the external environment to the organization.en_US
dc.description.abstractO conhecimento é considerado, atualmente, um dos principais recursos organizacionais, pois possibilita o alcance de vantagem competitiva, e a sua gestão representa um dos principais desafios para as organizações contemporâneas. O compartilhamento de conhecimento, processo pelo qual uma unidade é afetada pelo conhecimento ou pela experiência de outra unidade, é considerado um dos principais processos da gestão do conhecimento, pois possibilita melhorias no desempenho das organizações através do aumento do valor dos ativos de conhecimento. O compartilhamento de conhecimento é composto por outros dois processos, a doação de conhecimento, que consiste na comunicação do capital intelectual de um indivíduo para outros, e a coleta de conhecimento, definido pela consulta a outros indivíduos, fazendo-os compartilhar seu capital intelectual. O compartilhamento pode ocorrer tanto a nível intra-organizacional, isto é, de forma interna à organização, quanto de forma externa, a nível interorganizacional. A capacidade absortiva, que consiste na capacidade da organização em adicionar novos conhecimentos aos préexistentes, é proposta como mediadora entre o compartilhamento de conhecimento e o desempenho organizacional, mensurado, neste trabalho, por uma perspectiva de desempenho auferido (benchmarking). Desta forma, é proposto o seguinte objetivo de pesquisa: verificar a relação dos processos de compartilhamento de conhecimento interorganizacional e intraorganizacional, mediados pela capacidade absortiva, com o desempenho organizacional. A pesquisa foi realizada em duas etapas.A primeira, qualitativa, com o intuito de revisar e avaliar o modelo teórico desenvolvido a partir da revisão da literatura. Nesta etapa, foram consultados, por meio de entrevistas semiestruturadas, seis especialistas nos ramos de gestão do conhecimento e gestão empresarial, utilizando análise de conteúdo para tratamento dos dados. Na etapa seguinte, com o intuito de validar o modelo de pesquisa, foi adotado o método survey. O instrumento foi respondido por membros da alta administração das empresas, tendo sido obtidos 241 questionários válidos. Os dados foram analisados através da análise fatorial confirmatória, gerando um modelo de mensuração válido. Na sequência, foi proposto o modelo estrutural, de forma a explicar as relações causais entre os constructos estudados. Entre os principais resultados, foi confirmado o papel mediador da capacidade absortiva entre os processos de compartilhamento de conhecimento e o desempenho organizacional e a relação entre o compartilhamento intra-organizacional com o interorganizacional e também com o desempenho, sendo produzidas evidências empíricas que, mediados pela capacidade absortiva, os processos de compartilhamento de conhecimento possuem influência positiva no desempenho das organizações. Por meio deste trabalho, foi desenvolvido um modelo de mensuração, de forma a possibilitar sua utilização em pesquisas futuras sobre a relação dos constructos envolvidos, e um modelo estrutural, de forma a contribuir para que sejam elucidadas variáveis que possuem impacto no desempenho organizacional. Gerencialmente, esta pesquisa aponta para o desenvolvimento de habilidades relacionadas ao reconhecimento de fontes e utilização do conhecimento, pois constituem uma capacidade que, se desenvolvida, impacta positivamente no desempenho das organizações, e também para a questão de que os ativos relacionados ao conhecimento possuem uma maior possibilidade de geração de valor se compartilhados entre os indivíduos e, também, com o meio externo à organização.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectADMINISTRAÇÃO DE EMPRESASpt_BR
dc.subjectGESTÃO DO CONHECIMENTOpt_BR
dc.subjectCOMUNICAÇÃO ORGANIZACIONALpt_BR
dc.titleA relação entre o compartilhamento de conhecimento e o desempenho organizacional, mediada pela capacidade absortivapt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Administração, Contabilidade e Economiapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Administração e Negóciospt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.date2013pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000446501-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,24 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.