Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/12782
Type: masterThesis
Title: O caráter educativo da práxis de relações públicas: uma leitura humanista da atividade
Author(s): Tavares, Marcelo de Barros
Advisor: Moura, Cláudia Peixoto de
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Issue Date: 2018
Keywords: PRÁXIS
RELAÇÕES PÚBLICAS - FORMAÇÃO PROFISSIONAL
COMUNICAÇÃO SOCIAL
Abstract: O estudo apresenta a convergência dos campos da comunicação e da educação (MARTIN-BARBERO, 2014) para compreender a dimensão de uma prática profissional na sociedade. O tema é a práxis (VAZQUEZ, 1977) de Relações Públicas, sendo delimitado pela leitura humanista e pelo caráter educativo, e parte do pressuposto de que o ensino da comunicação pode configurar a atuação profissional no campo. Além disso, a área pode retratar um enlace entre os atos educativos e comunicacionais para a sociedade. O objetivo geral é compreender as possibilidades de um caráter educativo na práxis de Relações Públicas, na perspectiva humanista da formação. O referencial teórico abrange a dimensão praxiológica do campo acadêmico e profissional, através da Sociologia de Bourdieu (1983, 1996, 1997, 2007), e reflete sobre as contribuições da educação humanista, contemplado pelas noções de reprodução da prática humana (BOURDIEU; PASSERON, 2014), do ato educativo (CABANAS, 1995) e da formação humanística (FREIRE, 2013). Além disso, discute diferentes vertentes teóricas da prática de Relações Públicas: os estudos da excelência (GRUNIG, 2003, 2011, 2013), a função política (SIMÕES, 1995, 2001, 2009) e a teoria crítica e humanista (PERUZZO, 1986, 1998, 2013).Docentes da atividade, que exercem a coordenação dos cursos de graduação em Relações Públicas no Rio Grande do Sul, foram consultados por serem líderes de opinião. A estratégia metodológica adotada é a hermenêutica em profundidade (THOMPSON, 1995) e, para atingir uma interpretação e reinterpretação, contextualiza a doxa pela legislação que regulamenta as Relações Públicas. A análise sócio-histórica do ensino de comunicação (MOURA, 2007; OLIVEIRA, 2007) agrega-se aos Currículos Mínimos de 1969 a 1984, além das Diretrizes Curriculares Nacionais (BRASIL, 2002, 2013). Para a análise formal discursiva dos depoimentos dos coordenadores de curso é utilizada a técnica de análise de conteúdo (BARDIN, 1977). Os resultados obtidos demonstram que o caráter educativo da práxis de Relações Públicas está diretamente relacionado com a sua atuação – os relacionamentos podem ser atos educativos – e, potencializado pela leitura humanista, podem promover um repensar do ensino da atividade na sociedade.
The study presents the convergence of the communication and education fields (MARTINBARBERO, 2014) to understand the dimension of a professional practice in the society. The theme is the praxis (VAZQUEZ, 1977) of Public Relationships, being delimited by the humanist reading and the educational character, on the assumption that the communication teaching can influence the actions practiced in the professional fiels. Besides this, the area can portray an union between the educational and communicational acts for the society. The main goal is to comprehend the possibilities of an educational character in the Public Relationships praxis, in the humanist perspective of the formation. The theoretical reference covers the praxiological dimension of the academic and professional field, through the Bourdieu Sociology (BOURDIEU, 1983, 1996, 1997, 2007), and considers the contributions of the humanist education, contemplated by the notions of human practice reproduction (BOURDIEU; PASSERON, 2014, the educative act (CABANAS, 1995) and the humanistic formation (FREIRE, 2013).In addition, it discusses different theoretical aspects of the Public Relationships practice: the excellence studies (GRUNIG, 2003, 2011, 2013), the political function (SIMÕES, 1995, 2001, 2009) and the critical and humanistic theory (PERUZZO, 1986, 1998, 2013). Teachers of the activity, that coordinate the Public Relationships graduation courses in Rio Grande do Sul, were consulted for being opinion leaders. The adopted methodological strategy is the hermeneutics in depth (THOMPSON, 1995) and, to achieve an interpretation and reinterpretation, contextualize the doxa by the legislation that regulates the Public Relationships. The socio-historical analysis of the communication teaching (MOURA, 2007; OLIVEIRA, 2007) is added to the Minimum Curricula from 1969 to 1984, in addition to the National Curricular Guidelines (BRASIL, 2002, 2013). For the formal discursive analysis of the statements of the course coordinators, uses the technique of Content Analysis (BARDIN, 1977). The results obtained show that the educational character of the Public Relationships praxis is directly related to its action – the relationships can be educational acts – and, potentialized by the humanistic reading, can promote the rethinking of the activity teaching in society.
URI: http://hdl.handle.net/10923/12782
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000489757-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo966,15 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.