Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/12883
Tipo: masterThesis
Título: Exposição de embriões e larvas de zebrafish a compostos bisfenólicos para elucidação de mecanismos neurotoxicológicos
Autor(es): Fonseca, Raphaela Soares
Orientador: Vianna, Mônica Ryff Moreira Roca
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Fecha de Publicación: 2018
Palabras clave: TOXICIDADE
EXPERIMENTAÇÃO ANIMAL
PEIXES - PESQUISAS
NEUROBIOLOGIA
BIOLOGIA MOLECULAR
Resumen: O crescimento das fontes de poluentes ambientais afeta diretamente o ecossistema e a saúde humana, principalmente devido à perda da qualidade do solo e da água. Entre estes agentes tóxicos, estão incluídos os disruptores endócrinos, os quais podem acarretar diversas mudanças em vias bioquímicas e alterações fisiológicas em organismos. Estudos com diferentes formas de bisfenóis, compostos presentes em diversos produtos de consumo humano e inclusive no ambiente devido à contaminação por efluentes industriais, já apresentaram efeitos extremamente nocivos na regulação da expressão de genes relacionados ao sistema neural e endócrino durante o desenvolvimento, além de alterações comportamentais severas. O zebrafish, Danio rerio, é um excelente organismo modelo para estudar neurotoxicidade, uma vez que possui vantagens em relação a aspectos específicos do seu desenvolvimento e um custo reduzido de manutenção quando comparado a outros vertebrados modelos. Este projeto propôs o estudo dos efeitos do bisfenol A (BPA), seus derivados clorados e substitutivos (BPS e BPF), sobre parâmetros de embriotoxicidade e comportamento, buscando também caracterizar os mecanismos celulares e moleculares dos potenciais efeitos observados avaliando morte celular e níveis de proteínas e expressão de genes alvos em embriões e larvas de zebrafish.Para tanto, após a exposição dos embriões e larvas a diferentes concentrações de BPA e seus derivados, foram realizadas análises morfológicas e sobrevivência dos embriões; ensaios comportamentais de locomoção e avaliação cognitiva das larvas. Ao realizar a curva de concentração dos diferentes compostos bisfenólicos, não foi observada diferença significativa na sobrevivência, teratogênese e eclosão dos animais, porém, ao analisar o comportamento exploratório dos animais tratados com BPA e BPF foi detectado um aumento significativo nos parâmetros exploratórios das larvas. Ao compararmos o comportamento aversivo do BPA com o controle tratado com o veículo DMSO, não existiu diferença estatística entre os grupos, enquanto no BPS ocorreu uma melhora na resposta de escape das larvas. Adicionalmente, serão realizadas análises comportamentais e de atividade locomotora em animais adultos previamente tratados com os compostos estudados durante o desenvolvimento inicial. Desta forma, espera-se contribuir para o conhecimento atual dos mecanismos de neurotoxicidade relacionados à disrupção endócrina causada por contaminantes da família dos bisfenóis.
The increase of environmental pollutants sources directly affects the ecosystem and human health, mainly due to loss of soil and water quality. Among these toxic agents are included endocrine disruptors, which can cause changes in biochemical pathways and physiological changes in organisms. Studies with different forms of bisphenols, compounds present in many products of human consumption and the environment, had already demonstrated extremely adverse effects on behavior and gene expression of targets related to neural and endocrine systems during development. The zebrafish, Danio rerio, is an excellent model organism for studying neurotoxicity, due to its advantages with respect to specific aspects of their development and a low maintenance cost when compared to other vertebrate model organisms. This work proposes the investigation of the effects of bisphenol A (BPA), its chlorinated derivatives and its substitutes (BPS and BPF), toxicological and behavioral parameters combined with characterization of its potential underlying cellular and molecular mechanisms such as cell death and proteins and gene expression in the nervous and endocrine systems.After the embryo and larvae were exposed to different concentrations of BPA and its derivatives, morphological analyzes and embryo survival were carried out, as well as behavioral tests of locomotion and cognitive evaluation of the larvae. In the concentrantion curve of the different bisphenolic compounds, no significant difference was observed in the survival, teratogenesis and hatching of the animals, however, a significant increase was detected in the exploratory parameters of the BPA and BPF groups. When comparing the aversive behavior of the BPA with the DMSO, there was no statistical difference between the groups, whereas in the BPS an improvement in the escape response of the larvae occurred. Additionally, behavioral and locomotor activity analyzes will be performed in adult animals previously treated with the compounds studied during the initial development. In this way, it is expected to contribute to the current knowledge of neurotoxicity mechanisms related to endocrine disruption caused by contaminants of the bisphenol family.
URI: http://hdl.handle.net/10923/12883
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000489877-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,45 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.