Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/1326
Tipo: masterThesis
Título: Avaliação dos efeitos antifibróticos do suco total e frações da pimenta Capsicum baccatum na linhagem celular GRX
Autor(es): Scherer, Bárbara de Souza
Orientador: Oliveira, Jarbas Rodrigues de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Biologia Celular e Molecular
Data de Publicação: 2010
Palavras-chave: BIOLOGIA CELULAR
PLANTAS - USO TERAPÊUTICO
ANTIINFLAMATÓRIOS
INFLAMAÇÃO
FIBROSE
Resumo: This study evaluated the antiproliferative and antifibrotic effects of the total juice red pepper “Dedo-de-Moça”, Capsicum baccatum (CB) and fractions of CB seed and fruit extracted with solvents of different polarity: water, methanol/water, butanol and dichloromethane. The study was realized in vitro, in cell culture GRX, a strain of murine hepatic stellate cells, which are at the stage of myofibroblasts, mimicking a model of human liver fibrosis. The pepper juice and its fractions inhibited the proliferation in cell culture line GRX. The effect of CB juice and fractions was compared with indomethacin, used as a positive control of phenotype reversion, known to exert antiproliferative and anti-inflammatory action. To justify if the CB juice and fractions caused inhibition of cell growth GRX through a cellular mechanism or cell death was measured release of Lactate Dehydrogenase enzyme after the treatment. The groups were compared with the control of cell death - Tween 5%, which has significantly higher values of LDH, showing that the antiproliferative effect of the CB juice and fractions was not by cell death. Furthermore, in an attempt to see if there was increased oxidative stress we measured the thiobarbituric acid reactive substances (TBARS). None of the treated groups differed from control. After treatment with CB juice and fractions for 5 days, cell cultures were stained with Oil Red O stain showing the presence of fat in the cell cytoplasm. Both cultures treated with juice, as the cultures treated with CB fractions showed the formation of fat droplets and phenotypic changes more evident that the control and positive control of phenotype reversion, indomethacin (increased 400x). Furthermore, the quantification of TGF-β, a profibrogenic mediator, in the supernatant of cultures treated with juice and fractions of CB was lower when compared to control. These results show the antifibrotic effects of red pepper Capsicum baccatum and demonstrate its important therapeutic potential as an antifibrotic agent.
Neste estudo foram avaliados os efeitos antifibróticos e antiproliferativos do suco total da pimenta vermelha Dedo-de-Moça, Capsicum baccatum (CB) e de frações da semente e do fruto de CB extraídas com os solventes de diferentes polaridades: água, metanol/água, butanol e diclorometano. O estudo foi realizado in vitro, em cultura de células GRX, uma linhagem murina de células hepáticas estreladas, que estão no estágio de miofibroblastos, mimetizando um modelo de fibrose hepática humana. O suco de pimenta e suas frações inibiram a proliferação celular da linhagem GRX. Este efeito foi comparado com a indometacina, utilizado como controle positivo da reversão fenotípica e conhecido por exercer efeito antiproliferativo e anti-inflamatório. Para justificar se o suco total e frações de CB provocaram inibição do crescimento das células GRX através de um mecanismo celular ou por morte celular, foi dosada a liberação da enzima Lactato Desidrogense (LDH) após o tratamento. Os grupos foram comparados com o controle de morte celular total – Tween 5%, que obteve valores significativamente maiores de LDH, demonstrando que o efeito antiproliferativo do suco e frações de CB não foi através de morte celular. Além disso, na tentativa de verificar se havia aumento do estresse oxidativo, foram dosadas as substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS). Nenhum dos grupos tratados diferiu significativamente do controle. Após tratamento com suco total e frações de CB durante 5 dias, as culturas celulares foram coradas com Oil Red O, corante que evidencia a presença de gordura no citoplasma celular. Tanto as culturas tratadas com o suco total, quanto às culturas tratadas com as frações de CB, apresentaram formação de gotículas de gordura e mudança fenotípica evidente maiores que o controle e que o controle positivo de reversão do fenótipo, a indometacina (aumento de 400x). Além disso, a quantificação do TGF-β, que é um mediador pró-fibrogênico, no sobrenadante das culturas tratadas com suco e frações de CB foi menor do quando comparada ao controle. Esses resultados demonstraram os efeitos antifibróticos da pimenta vermelha Capsicum baccatum e evidenciam seu importante potencial terapêutico como agente antifibrótico.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1326
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000425497-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,01 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.