Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/13866
Tipo: masterThesis
Título: Era uma vez... e fim. Um estudo sobre as produções escritas de alunos de turmas de B10 (4º Ano) de uma escola da rede Municipal de Ensino de Porto Alegre
Autor(es): Tolotti, Ana Paula Aguiar
Orientador: Vitória, Maria Inês Côrte
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Fecha de Publicación: 2018
Palabras clave: PRODUÇÃO TEXTUAL
ESCRITA
EDUCAÇÃO
Resumen: Esta pesquisa objetiva analisar e compreender os processos de construção das produções escritas de alunos de turmas de B10 (4º ano) de uma escola da rede pública municipal de Porto Alegre, utilizando-se de suas produções textuais, bem como realizando a observação das diferentes práticas pedagógicas empregadas por seus professores em sala de aula. Para este estudo, além de destacar três aspectos importantes para o desenvolvimento de habilidades para a produção de textos: a coesão, a coerência e o uso adequado das variedades linguísticas; fez-se necessário, também, aprofundar os conhecimentos a respeito dos Cadernos Pedagógicos, especificamente, a edição Nº 9, que apresenta a Proposta Político-Pedagógica (PPP) da Rede Municipal de Ensino (RME) de Porto Alegre. Cabe destacar que esse documento define a forma de organização do ensino baseada nos Ciclos de Formação. Em decorrência desse estudo, esta investigação teve como fonte de análise o Segundo Ciclo de Formação. A pesquisa aqui apresentada caracteriza-se por ser uma investigação qualitativa, tendo como suporte para a análise de dados a teoria da Análise Textual Discursiva (MORAES; GALIAZZI, 2011). Como aporte teórico, foram utilizados os estudos de Jolibert (1994), Charolles (1986), Halliday (1976), Koch (2016), Koch e Travaglia (2015), entre outros. Como marcas relevantes deste trabalho, destacam-se a investigação a respeito das implicações que as práticas pedagógicas, utilizadas por professores em sala de aula, promovem na construção de produções escritas na escola, e as reflexões pedagógicas que são possíveis a partir dos textos elaborados pelos alunos.
This research aims to analyze and understand the writing production process from students of the 4th grade (B10), from a school in the Municipal Educational System (RME) of Porto Alegre, in Brazil, using the student’s textual productions, as well as observing the different pedagogical practices applied by their teachers in the classroom. For this study, besides highlighting three important aspects for thedevelopment of skills for the text production such as cohesion, coherence and proper use of linguistic varieties, it is also necessary to deepen the knowledge about the Pedagogical Books (Cadernos Pedagógicos), specifically the edition number nine, that presents the Political Pedagogic Project (PPP) for Porto Alegre’s Municipal Educational System. It is important to say that this document defines the educational organization based on Learning Cycles. Due to this study, this investigation has as analysis source the Second Learning Cycle. The present work is based on a qualitative research, having as support for the data examination, the Theory of Discursive Textual Analysis (MORAES; GALIAZZI, 2011). As a theoretical contribution, it is used the studies of Jolibert (1994), Charolles (1986), Halliday (1976), Koch (2016), Koch and Travaglia (2015), among others. As relevant marks of this work, it stands out the investigation about the implications that pedagogical practices used by teachers in the classroom promote in the construction of written productions at school and the pedagogical considerations that are possible from the structures of the writings produced by their students.
URI: http://hdl.handle.net/10923/13866
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000492357-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo901,2 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.