Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/14938
Tipo: masterThesis
Título: Os MOOCS como possibilidade para internacionalização da educação superior em casa
Autor(es): Machado, Karen Graziela Weber
Orientador: Santos, Pricila Kohls dos
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Fecha de Publicación: 2019
Palabras clave: ENSINO SUPERIOR
EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA
EDUCAÇÃO
Resumen: O presente estudo insere-se na linha de pesquisa Formação, Políticas e Práticas em Educação, e tem como objetivo geral compreender as potencialidades/possibilidades da utilização dos MOOCs para a promoção da internacionalização da Educação Superior em casa. Os objetivos específicos se referem a verificar como os MOOCs auxiliam na formação de graduação dos estudantes; identificar as expectativas dos aprendizes ao participar de um MOOC; apresentar alternativas que possibilitem a utilização dos MOOCs na Educação Superior, visando qualificar o processo de internacionalização em casa. Para alcançar os objetivos propostos adotou-se a abordagem qualitativa, correspondendo a um estudo de caso, e como instrumento de pesquisa a entrevista semiestruturada. Os sujeitos do estudo são 5 estudantes de graduação, de uma Escola Politécnica localizada na região Sul do Brasil, tendo como critérios de seleção estudantes que tenham participado de algum MOOC internacional e não tenham realizado mobilidade acadêmica. A fundamentação teórica do estudo ocorre à luz de autores como, Wit (2002), Morosini e Nascimento (2017), Beelen e Jones (2015), Knight (2004, 2008), Siemens (2004), dentre outros. Por meio desta investigação foi possível perceber que os estudantes buscaram realizar MOOCs tendo por expectativa sanar a curiosidade sobre este tipo de curso; atender as suas necessidades e os seus interesses em relação a ampliar e aprender novos conhecimentos; desenvolver aprendizagens que pudessem ter aplicabilidade no exercício profissional; e possibilitar o ingresso no mercado de trabalho.Assim, cabe apresentar algumas alternativas que possibilitem a utilização dos MOOCs na Educação Superior, ou seja, as instituições educativas poderão incluir esta modalidade de curso no currículo; o professor poderá em suas aulas recomendar plataformas, sugerir MOOCs para os estudantes realizarem a distância e posteriormente interagir, relacionando com os conteúdos desenvolvidos em ambos os espaços, no contexto da Educação Superior presencial. Portanto, desenvolver a pesquisa sobre os MOOCs como uma possibilidade para internacionalização da Educação Superior em casa gerou contribuições significativas para tal contexto educativo, bem como para o desenvolvimento das aprendizagens dos estudantes universitários. Pois, compreendemos que este estudo apresenta conhecimentos relevantes para a Educação Superior no Brasil, principalmente em relação à internacionalização em casa, visto que essa nova conjuntura social/global, na qual nos encontramos requer uma formação acadêmica mais contextualizada, para que os universitários possam acompanhar e agir em um mundo em constante mudança.
The present study is part of the research line Education, Policies and Practices in Education, and its general objective is to understand the potentialities/possibilities of using MOOCs to promote the internationalization of Higher Education at home. The specific objectives are to verify how the MOOCs help in the undergraduate formation of the students; identify the expectations of learners when participating in a MOOC; to present alternatives that allow the use of MOOCs in Higher Education, in order to qualify the internationalization process at home. To reach the proposed objectives, the qualitative approach was adopted, corresponding to a case study, and as a research instrument the semi-structured interview. The subjects of the study are 5 undergraduate students from a Polytechnic School located in the South region of Brazil, having as selection criteria students who have participated in some international MOOC and have not performed academic mobility. The theoretical basis of the study is in the light of authors such as Wit (2002), Morosini and Nascimento (2017), Beelen and Jones (2015), Knight (2004, 2008), Siemens (2004), among others.Through this research it was possible to perceive that the students sought to perform MOOCs with the expectation of healing curiosity about this type of course; meet their needs and interests in relation to expanding and learning new knowledge; develop learning that could have applicability in the professional practice; and enable them to enter the labor market. Thus, it is necessary to present some alternatives that allow the use of MOOCs in Higher Education, that is, educational institutions may include this modality of course in the curriculum; the teacher will be able to recommend platforms in his/her classes, suggest MOOCs for the students to carry out the distance and later interact, relating to the contents developed in both spaces, in the context of the Higher Education in person. Therefore, developing research on MOOCs as a possibility for the internationalization of Higher Education at home has generated significant contributions to such an educational context, as well as to the development of the learning of university students. For, we understand that this study presents relevant knowledge for Higher Education in Brazil, especially in relation to internationalization at home, since this new social/global context, in which we find ourselves requires a more contextualized academic formation, so that university students can follow and act in a changing world.
URI: http://hdl.handle.net/10923/14938
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000494436-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,43 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.