Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/15278
Registro completo de metadatos
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorLara, Isabel Cristina Machado de
dc.contributor.authorOsterberg, Luis Tiago
dc.date.accessioned2019-08-07T12:01:43Z-
dc.date.available2019-08-07T12:01:43Z-
dc.date.issued2019pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/15278-
dc.description.abstractEste trabalho tem como objetivo compreender como o reconhecimento de diferentes formas de uso da Matemática e suas regras modificam o modo como estudantes do Ensino Médio compreendem conceitos matemáticos tendo a Etnomatemática como método de ensino. Para tanto, foi desenvolvida uma proposta de ensino constituída por uma pesquisa etnográfica com trabalhadores pertencentes à comunidade escolar, realizada por 37 estudantes de um 2º ano do Ensino Médio de uma escola pública situada no interior do estado do Rio Grande do Sul. Foram utilizados um pré-questionário para verificar a percepção dos estudantes acerca da Matemática, de sua importância, e a compreensão dos mesmos em relação aos jogos de linguagem presentes em atividades laborais de trabalhadores pertencentes à comunidade escolar, e um pós-questionário para analisar as modificações que o reconhecimento dos jogos de linguagem e das regras de uso desses jogos acarretaram no entendimento de conceitos matemáticos. Além disso, foram utilizadas para a análise, observações que possibilitaram a redação de notas de campo e um relatório final produzido pelos estudantes com situações analisadas durante a proposta de ensino. O estudo se constituiu em um estudo qualitativo no qual os dados obtidos foram analisados pelo método de análise da Análise Textual Discursiva (ATD). Os aportes teóricos utilizados alicerçam suas bases em cinco temas fundamentais: cultura; conhecimento e saber; formas de vida; jogos de linguagem; Etnomatemática. Em relação à cultura são utilizados autores como Tylor (1874), Franz Boas (1964), Laplantine (2003) e Laraia (2001). Para a definição dos termos conhecimento e saber são utilizados os estudos foucaultianos de Veiga-Neto e Nogueira (2010) e Larrosa (2002).Em relação às formas de vida e jogos de linguagem, utiliza-se principalmente os estudos do Segundo Wittgenstein (1999), com contribuições de comentadores como Condé (1998) e Glock (1998). Já para Etnomatemática utilizam-se os aportes de D’Ambrósio (1993; 2005; 2008), Gerdes (1991; 1992), Barton (2006), Ferreira (2003) e Knijnik (1996). Da análise dos dados se evidencia que a utilização de uma proposta pedagógica baseada na Etnomatemática como método de ensino, tendo como pano de fundo a teoria wittgensteiniana, proporciona a visão de outros jogos de linguagem matemáticos próprios de trabalhadores de sua comunidade. Além disso, ao comparar os jogos de linguagem e as regras presentes nas atividades laborais dos trabalhadores envolvidos na pesquisa com os jogos de linguagem da Matemática Escolar, é possível estabelecer semelhanças entre esses jogos e perceber a validade dos saberes matemáticos utilizados por esses trabalhadores. Tal fato contribui para um melhor entendimento de conceitos matemáticos por parte dos estudantes, comprovando assim uma contribuição positiva da Etnomatemática como um método de ensino.pt_BR
dc.description.abstractThe aim of this paper is to understand how the recognition of the different ways of the Mathematics use and its rules modify the way how the high school students can understand the Mathematical concepts having the Ethnomatematics as their method of learning. For this reason, it was developed a learning project which is consisted of an ethnographic research with workers who belonged to a school community. The public of the research was 37 high school second grade worked students from a suburb public school in Rio Grande do Sul. A pre requirement was used to verify the perception of these students about Mathematics, its importance and the comprehension of these worked students in relation to the language games presented in their labored activities. A post questionnaire was also answered by them to analyze the changes about the recognition of the language games and the rules of using these games that resulted in the recognition of the Mathematical concepts. Besides, the analysis is consisted by the observations which made possible the field writing notes and a final report both produced by the students according to the analyzed situations along the learning project. The paper consists in a qualitative research in which the data acquired were analyzed by the Discursive Textual Analysis (DTA). The theoretical contribution used in the research is based by five fundamental themes: culture, knowledge and learning, way of life, language games and Ethnomatematics. In relation to the culture, authors such as Tylor (1874), Franz Boas (1964), Laplantine (2003) and Laraia (2001) were studied. The terms of knowledge and learning the Foucault studies of Veiga-Neto and Nogueira (2010) and Larrosa (2002) were read to define them. In relation to the way of life and the language games, it was mainly proposed the studies of According Wittgenstein (1999), which there were contributions of some remarks of Condé (1998) and Glock (1998).The definition of Ethnomatematics was used the study contributions of D’Ambrósio (1993; 2005; 2008), Gerdes (1991; 1992), Barton (2006), Ferreira (2003) and Knijnik (1996). From the data analysis is able to prove the use of a pedagogical proposal based on Ethnomatematics as a learning method, in which there is the theory of Wittgenstein as background, which offers a view about others mathematical language games belonged by the workers of the community. Besides, in comparison with the language games and the rules presented in the workers labored activities, who were involved in this research about Mathematical language games, it is possible to establish the resemblance between those games and realize the valid of the mathematical knowledge used by those workers. The research gave to the students a better understanding about the mathematical concepts, proving, in this way, a positive contribution about Ethnomatematics as a method of learning.en_US
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.rightsopenAccessen_US
dc.subjectETNOMATEMÁTICApt_BR
dc.subjectMÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINOpt_BR
dc.subjectMATEMÁTICA - ENSINOpt_BR
dc.subjectEDUCAÇÃOpt_BR
dc.titleDiferentes usos da matemática: uma possibilidade da etnomatemática como método de ensinopt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Físicapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticapt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.date2019pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000495338-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo7,78 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.