Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/15338
Tipo: masterThesis
Título: Mídia e desigualdade de gênero na política: a invisibilidade feminina na cobertura política do telejornalismo
Autor(es): Canto, Andressa de Bem e
Orientador: Finger, Cristiane
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Fecha de Publicación: 2019
Palabras clave: POLÍTICA
MULHERES NA POLÍTICA
JORNALISMO
COMUNICAÇÃO SOCIAL
Resumen: Este trabalho aborda a relação existente entre a mídia e a política, mais especificamente a televisão e a baixa visibilidade da mulher na cobertura de política. A pesquisa tem como objetivo analisar a imagem retratada pelo telejornalismo das mulheres que ocupam cargos políticos no Brasil, e de que maneira a mídia contribui para dar visibilidade ou não a estas mulheres. Com a metodologia de análise de conteúdo (BARDIN, 1977), propõe-se um estudo, quantitativo e qualitativo, nos telejornais Jornal da Globo (Rede Globo) e Jornal da Noite (Band), durante os meses de março e abril de 2018, no qual se analisa o espaço que as mulheres com cargos políticos ocupam, seja como fonte de informação ou sendo o assunto da reportagem. Os resultados são de uma cobertura política que privilegia os homens, tendo as mulheres raramente como fonte. Verificou-se a presença feminina na cobertura de política apenas em reportagens que trataram sobre violência e corrupção, da mesma forma que foram identificadas ausências significativas em reportagens relacionadas diretamente às mulheres. Aponta-se, por fim, para a necessidade de implementar ações afirmativas visando à maior inclusão das mulheres na política, bem como para a ampliação da visibilidade delas na mídia.
This paper discusses the relationship between the media and politics, specifically television and the low visibility of women in the coverage of politics. The research aims to analyze the image portrayed by television journalism of women in political positions in Brazil, and in what way the media contributes to giving visibility to these women. With the methodology of content analysis (BARDIN, 1977), a quantitative and qualitative study is proposed in the Jornal da Globo (Rede Globo) and Jornal da Noite (Band) television programs during the months of March and April 2018, in which the space that women in political positions occupy is analyzed, either as a source of information or as the subject of the report. The results are of a political cover that privileges the men, having the women rarely as source. The female presence in the coverage of politics was verified only in reports that dealt with violence and corruption, in the same way that significant absences were identified in reports related directly to women. Finally, there is a need to implement affirmative actions aimed at the greater inclusion of women in politics, as well as to increase their visibility in the media.
URI: http://hdl.handle.net/10923/15338
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000494675-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo978,88 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.