Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/1535
Tipo: masterThesis
Título: Um modelo de análise de viabilidade para desenvolvimento de componentes
Autor(es): Hemesath, Peter Schuck
Orientador: Bastos, Ricardo Melo
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Computação
Fecha de Publicación: 2006
Palabras clave: INFORMÁTICA
ENGENHARIA DE SOFTWARE
REUTILIZAÇÃO DE SOFTWARE
Resumen: O acelerado crescimento e a competição pelo mercado têm levado empresas a buscarem formas de continuamente aumentar a qualidade e produtividade nos seus processos de desenvolvimento de software. Uma forma para se otimizar o processo de desenvolvimento de software é a adoção de técnicas de reuso de software como Desenvolvimento Baseado em Componentes (DBC) que abrange preocupações como o aumento da produtividade e a redução dos custos com qualidade. Mas será o desenvolvimento baseado em componentes, por si só, garantia de beneficio econômico, ou seja, os custos de compra/integração de componentes reutilizáveis serão sempre menores do que o custo de desenvolvimento das mesmas funcionalidades para uma dada aplicação? E o desenvolvimento de um componente reutilizável será garantia de recuperação do investimento realizado para criação do mesmo? Neste contexto, o presente trabalho apresenta uma proposta de modelo de análise de viabilidade para a criação de componentes, que com base em uma série de entradas qualitativas e quantitativas, provê projeções de retorno sobre o investimento na criação de componentes. Tal modelo tem como propósito servir como ferramenta de auxílio à tomada de decisão para os engenheiros de software envolvidos em programas de desenvolvimento de componentes reutilizáveis.
The speed up growth and the market competition have taken companies to search for different ways to continuously increase quality and productivity in its software development processes. One way to optimize a software development process is the adoption of software reuse techniques, such as Component Based Development (CBD), which concerns productivity increase and cost reduction with quality. But it will be the component based development, by itself, a guarantee of economic benefit, or either, the costs to buy or integrate those components will always be lesser than the development cost of the same functionalities for one given application? Will the development of reusable components be a guarantee for recovering the accomplished investment from its creation? In this context, this work presents a proposal for a viability analysis model of reusable components creation, based on a series of qualitative and quantitative inputs, which can provide investment return projections for the creation of reusable components. Such model intends to serve as an assistance tool to the software engineers decision making process involved in reusable components development.
URI: http://hdl.handle.net/10923/1535
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000418602-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo853,79 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.