Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/15687
Tipo: masterThesis
Título: Dilma Rousseff na revista Veja: antes e depois do impeachment
Autor(es): Cappellari, Thuanny Prado
Orientador: Dornelles, Beatriz Corrêa Pires
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Data de Publicação: 2019
Palavras-chave: JORNALISMO - ÉTICA PROFISSIONAL
COMUNICAÇÃO SOCIAL
Resumo: Nesta pesquisa buscamos analisar as edições da revista Veja com foco capas e reportagens publicadas pela revista Veja no período que antecede o impeachment da presidente Dilma Rousseff e posterior a ele. Serão analisadas edições 2455 de 9 de dezembro de 2015, 2434 de 15 de julho de 2015, 2456 de 16 de dezembro de 2015, 2494 de 07 de setembro de 2016 e 2496 de 21 de setembro de 2016. Este trabalho tem como procedimento metodológico a pesquisa bibliográfica e documental, e como método a Análise de Conteúdo, qualitativa, conforme preceitos de Lawrence Bardin (1977). O objetivo foi verificar se a revista Veja adotou os princípios da ética jornalística com relação as suas manchetes e à imagem de Dilma Rousseff; checar se a revista cumpriu com os princípios do jornalismo; e identificar se Veja checou suas informações e selecionou fontes confiáveis, prática que reduz as chances de publicar calúnias, difamações e injúrias. Buscou-se com este estudo compreender qual o grau de isenção do jornalismo praticado pela maior revista em circulação no Brasil no período anterior e posterior ao impeachment da presidente Dilma Rousseff e quais os principais fundamentos do jornalismo empregados pelo periódico. Percebemos que Veja busca afirmar sua linha editorial em suas manchetes de capas e não cumpre com a ética jornalística, uma vez que, manipula e edita fotografias de Dilma com photoshop sem explicitar que houve a alteração da foto original.
In this research we seek to analyze editions of Veja magazine focusing on covers and reports published by this magazine in the period that precedes the impeachment of President Dilma Rouseff and subsequent to it. We have analyzed issues 2455 December 9, 2015, 2434 July 15, 2015, 2456 December 16, 2015, September 24, 2014, and 2496 September 21, 2016. This work has as methodological procedure the bibliographical and documentary research, and as a method the Content Analysis, qualitative, according to the precepts of Lawrence Bardin (1977). The objective was to verify if Veja magazine adopted the principles of journalistic ethics in relation to its headlines and the image of Dilma Rousseff; check if the journal complied with the principles of journalism; and to identify if Veja checked his information and selected reliable sources, a practice that reduces the chances of publishing slander, libel and slander. This study aimed to understand the degree of exemption of journalism practiced by the largest magazine circulating in Brazil in the period before and after the impeachment of President Dilma Rousseff and what are the main foundations of journalism employed by the journal. We realize that Veja seeks to affirm its editorial line in its cover headlines and does not comply with journalistic ethics, since, manipulates and edits photographs of Dilma with photoshop without specifying that the original photo was altered. Keywords: Communication.
URI: http://hdl.handle.net/10923/15687
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000496034-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,23 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.