Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/16246
Tipo: doctoralThesis
Título: Análise da satisfação de idosos quanto aos serviços assistenciais prestados pelo Sistema Único de Saúde
Autor(es): Thum, Cristina
Orientador: Terra, Newton Luiz
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Data de Publicação: 2018
Palavras-chave: SAÚDE DO IDOSO
ENVELHECIMENTO
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
GERONTOLOGIA
Resumo: As mudanças sociais na contemporaneidade acarretaram na diminuição da taxa de fertilidade da população e, consequentemente, no aumento de idosos no Brasil. Tal acontecimento faz com que ocorra uma ampliação de demandas assistenciais em saúde aos idosos, multiplicando, dessa forma, os atendimentos integrais a esse ciclo vital. Objetivo: Analisar a satisfação dos usuários idosos do Sistema Único de Saúde de um município do interior do Estado do Rio Grande do Sul quanto à assistência multiprofissional nas redes de atenção ofertadas pelos serviços de saúde pública. Metodologia: esta pesquisa caracteriza-se por ser do tipo transversal, descritiva e exploratória. A amostra é composta por idosos com idade igual ou superior a 60 anos, e a coleta de dados ocorreu após a aprovação do Comitê de Ética da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Caee n. 63402816.3.0000.5336, sob parecer n. 1.899.205. Aplicou-se um questionário de avaliação utilizado pelo Ministério da Saúde a fim de identificar o perfil sociodemográfico de cada idoso. A análise estatística dos dados foi realizada no programa Statistical Package for the Social Sciences (SPSS) versão 22. As variáveis quantitativas foram calculadas com medidas descritivas de posição e de dispersão, já para as variáveis qualitativas foram apresentadas as tabelas de distribuição de frequências. Quanto à análise bivariada, foram apresentadas as tabelas de contingência, e a associação foi realizada pelo teste qui-quadrado de Pearson. O teste estatístico foi considerado significativo quando p<0,05. Resultados: maior participação de mulheres, média de idade dos idosos foi de 70, 79 anos (±7,82), raça branca 82,7 (n=470), 48,1 (n=263) casados, baixa renda 68,7 (n=390).Convivem semanalmente com seus familiares 86,6% (n=492); 65,5 (n=372) utilizam o SUS para assistência à saúde, 91,2 (n=518) utilizaram o SUS nos últimos 12 meses para vacinação, consultas, exames, atendimento de urgência e emergência, serviços odontológicos, internação ou para pegar medicamentos. Houve associação estatisticamente significativa da satisfação dos serviços assistenciais do SUS quando relacionados aos seguintes motivos de procura: curativos, vacinação e orientação (p<0,001), consultas médicas (p<0,001), exames de laboratório e de imagem e pegar medicamentos (p<0,001). Em relação à variável satisfação dos serviços assistenciais do SUS associada à assistência multiprofissional: equipe de enfermagem (p<0,001), médico (p<0,001) e ACS (p=0,010). Entretanto, com o dentista (p=0,486) não se observou nenhuma associação. A satisfação geral do serviço do SUS com o tempo utilizado para assistir o idoso nas ESFs (p<0,001). No que diz respeito aos tempos utilizados para assistir o idoso nas UPAs (p=0,469) e nos serviços de odontologia (p=0,055), não se observou nenhuma associação. Quanto aos encaminhamentos para procedimentos no cuidado da saúde do idoso nas ESFs (p<0,001) e para procedimentos no cuidado da saúde do idoso nas UPAs (p=0,320), não se observou nenhuma associação, apenas uma associação estatisticamente significativa da satisfação geral do serviço do SUS com agendamento de consultas do idoso perante a procura dos serviços na ESF (p<0,001). Conclusões: a presente pesquisa aponta indicadores importantes no que concerne à satisfação dos serviços ofertados pelo SUS. A porta de entrada ao SUS tem se mostrado resolutiva, com manejos assistenciais multidisciplinares capazes de absorver as demandas de saúde dos idosos na unidade adscrita.
Social changes in the contemporaneity have led to a decrease in the fertility rate of the population and, consequently, in the increase of the elderly in Brazil. this event causes an increase in health care demands to the elderly, thus multiplying the total attendance to this vital cycle. Objective: to analyze the satisfaction of elderly users of the Unified Health System of a city in the interior of the State of Rio Grande do Sul regarding multiprofessional care in the networks of care offered by public health services. Methodology: this research is characterized by being of the transversal, descriptive and exploratory type. the sample is composed of elderly people aged 60 years or older. the collection of data occurred after the approval of the ethics committee of the Pontifical Catholic University of Rio Grande do Sul (PUCRS), with Caee n. 63402816.3.0000.5336, under opinion no. 1,899,205. an evaluation questionnaire used by the health ministry was applied in order to identify the socio-demographic profile of each elderly Person. The statistical analysis of the data was carried out in the program statistical package for the social sciences (SPSS) version 22. the quantitative variables were calculated with descriptive measures of position and of dispersion, already for the tables of distribution of frequencies. as for the bivariate analysis, we presented the contingency tables and the association performed by the chi-square test of Pearson. the statistical test was considered significant when p <0.05 . Results: (n = 470), 48.1 (n = 263) married, low income 68, the mean age of the elderly was 70, 79 years (± 7.82) (n = 492), 65.5 (n = 372) use SUS for health care, 91.2 (n = 518) used SUS, 7 (n = 390) in the last 12 months for vaccination, consultations, examinations, emergency and emergency care, dental services inpatient or to take medications.There is a statistically significant association of the satisfaction of the sus assistance services with reasons for the demand of the services of SUS with dressings, vaccination and guidance (p <0.001), with medical consultations (p <0.001), with laboratory and imaging exams and with medication (p <0.001), also in relation to the variable satisfaction of the health care services associated with multiprofessional assistance: (p <0.001), the physician (p <0.001) and the ACS (p = 0.010). the dentist (p = 0.486), no association was observed. general satisfaction of the SUS service with the time used to assist the elderly in the ESFs (p <0.001). however, with the times used to assist the elderly in the UPA (p = 0,469) and dental services (p = 0.055), no association was observed. (p <0.001), referrals for procedures in the health care of the elderly in the UPA (p = 0.320), no association was observed, a statistically significant association of general satisfaction was observed of the SUS service with scheduling of consultations of the elderly in the search for services in the SPH (p <0.001). Conclusion: the present research points out important indicators as satisfaction of the services offered by the SUS, the door of entry to SUS has been resolutive, with multidisciplinary care management capable of absorbing the health demands of the elderly in the attached unit.
URI: http://hdl.handle.net/10923/16246
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000496607-Texto+completo-0.pdfTexto completo12,71 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.