Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2007
Tipo: doctoralThesis
Título: Comunicação contemporânea: uma visão da fenomenologia, gestalt-terapia e da hermenêutica
Autor(es): Galli, Loeci Maria Pagano
Orientador: Rahde, Maria Beatriz Furtado
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Data de Publicação: 2007
Palavras-chave: COMUNICAÇÃO - ASPECTOS SOCIAIS
GESTALT-TERAPIA
COMUNICAÇÃO E CULTURA
FENOMENOLOGIA
HERMENÊUTICA
Resumo: This paper outlines a way to understand the role of communication based on Phenomenological, Hermeneutical and Gestalt-therapy epistemes. It covers the communicator’s need to understand him/herself as the product and the producer of culture, as the reader and the recipient of the Cultural Imaginary, as well as the generating source of information and opinions. Using this methodological approach, a brief study was carried out about communication and its major role in interpersonal relations, in the dialogic between the individual and society, in the development of the personality and in the Cultural Imaginary. Secondly, the view of man was described according to the Gestalt-therapy. This view includes the communicative process aimed at clarifying the ideas we want to hold, i. e., the search for a more conscious contact by the communicator with both his/her interior and exterior, in an integrative interpretation. Thirdly, using Martin Heidegger’s ideas, a way of understanding communication processes was researched, as support for the principles of this thesis. The fourth step was aimed at clarifying the situation of human beings in the world, also with the objective of understanding man in his time and space, in his singularity and plurality. As a basic rule of thought, reality is considered as a phenomenon and not as an object. With this in mind, Martin Heidegger’s concepts of Phenomenology, the Phenomenological Method, Hermeneutics Phenomenology, Hermeneutic Method and the Hermeneutic Circle were explained. The objectives of this paper were accomplished. The guiding thesis was confirmed: that it is relevant for the communicator to understand his or her cultural origins, his or her being-in-the-world, human behavior as the basic characteristics of his or her commitment to the environment and to be aware, with a sense of responsibility, of his or her transmitted messages. We aimed for communication in several spheres that is more conscious, creative, reflexive, and responsible and less biased by conditioned ideas.
Este trabalho objetivou um modo de compreender o papel da comunicação fundamentado nas epistemes Fenomenológica, Hermenêutica e Gestalt-terapia. É abordada a necessidade do comunicador compreender-se como produto e produtor de uma cultura, como leitor e receptor do imaginário cultural, assim como fonte geradora de informações e opiniões. Através dessa abordagem metodológica realizou-se um breve estudo sobre a comunicação e seu importante papel nas relações interpessoais, na dialógica entre indivíduo e sociedade, no desenvolvimento da personalidade e no imaginário cultural. Num segundo momento, foi descrita a visão do homem da Gestalt-terapia, que inclui o processo comunicativo com o objetivo de clarear o que se quer mostrar, uma busca de contato mais consciente do comunicador com seu interior e exterior, numa leitura integrativa. No terceiro momento pesquisou-se em Martin Heidegger um modo de compreensão sobre os processos de comunicação, como suporte para os fundamentos dessa tese. O quarto momento quer esclarecer a situação do ser no mundo, ainda com o objetivo de entender o homem em seu tempo e espaço, em sua singularidade e pluralidade. Como regra básica de pensamento, considera-se o real como fenômeno e não como objeto. Com esta intenção, explicitaram-se conceitos da Fenomenologia, Método Fenomenológico, Fenomenologia Hermenêutica de Martin Heidegger, Método Hermenêutico e Círculo Hermenêutico. Os objetivos desse trabalho foram alcançados. Confirmou-se a tese norteadora de que é relevante para o comunicador compreender suas origens culturais, seu estar-no-mundo, as atitudes humanas como característica fundamental de seu compromisso com o ambiente e ter consciência com responsabilidade das mensagens transmitidas. Buscou-se uma comunicação em todos os âmbitos, mais consciente, criativa, reflexiva, responsável e menos contaminada pelos condicionamentos adquiridos.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2007
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000389069-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,61 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.