Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/2099
Type: masterThesis
Title: As imagens criadas pelas biografias de líderes neopopulistas da América Latina
Author(s): Nervo, Alexandre Antônio
Advisor: Hohlfeldt, Antônio Carlos
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Issue Date: 2012
Keywords: COMUNICAÇÃO SOCIAL
COMUNICAÇÃO E POLÍTICA
POPULISMO - AMÉRICA LATINA
PRESIDENTES - BIOGRAFIAS
IMAGENS - REPRESENTAÇÃO
ANÁLISE DO DISCURSO
Abstract: This study analyzes strategies to bring the reading audience close to images of political personalities through biographies. We have sought to identify a typology for neo-populist leadership practices in Latin American realities based on the biographies of charismatic leaders. We focused on reconstructing the lives of Presidents Luiz Inácio Lula da Silva (Brazil, 2002-2010) in A história de Lula: O filho do Brasil (2009), by Denise Paraná, and O que sei de Lula (2011), by José Nêumanne Pinto; Hugo Chávez Frias (Venezuela, 1999-present), from the report Hugo Chávez sem uniforme (2006), by Cristina Marcano and Alberto Barrera Tyszka; and Evo Morales (Bolivia, 2006-current) based on the text: Evo Morales: The extraordinary rise of the first indigenous president of Bolivia (2010), by Martín Sivak. We made use of Critical Discourse Analysis, with a methodological lens that allowed us to identify the stereotypes, myths and archetypes used by the authors. We observed that the book format biographies were an extension of the strategies to build the images of Latin American neo-populist leaders. The style of neo-populist leadership is characterized by a reading from the field of Social Communication, through the personality traits that are attributed to the character in question, always seeking to become closer to the people. Transposition of the stages of the Hero's Journey concept by Joseph Campbell (2007) made it possible to frame the analysis of the biographical content, tracing a common line among the works: the heroic treatment given to the characters. The story of the presidential leaders is narrated in three main stages: the beginning, with the obstacles that test the hero at the beginning of life; the initiation, when the individual comes into contact with the political world and begins their personal learning experience; and the return, in the expression of their attaining the highest level on the political scale with the mission to change the reality in which they are inserted.
Este estudo analisa as estratégias para a aproximação entre o público leitor e as imagens de personalidades políticas, através de suas trajetórias biográficas. Buscamos a identificação de uma tipologia para as práticas de liderança neopopulistas, em realidades latino-americanas, com base nas biografias de líderes carismáticos. Focamo-nos na reconstrução de vida dos presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (Brasil, 2002-2010) em A história de Lula: O filho do Brasil (2009), de Denise Paraná e O que sei de Lula (2011), de José Nêumanne Pinto; Hugo Chávez Frías (Venezuela, 1999-atual), a partir do relato Hugo Chávez sem uniforme (2006), de Cristina Marcano e Alberto Barrera Tyszka; e Evo Morales (Bolívia, 2006-atual), com base no texto Evo Morales: The extraordinary rise of the first indigenous president of Bolivia (2010), de Martín Sivak. Utilizamos a Análise Crítica do Discurso, como lente metodológica que permitiu identificar os estereótipos, mitos e arquétipos utilizados pelos autores. Percebemos que as biografias, no formato de livro, constituem-se em extensão para as estratégias de construção das imagens dos líderes neopopulistas da América Latina. O estilo de liderança neopopulista caracteriza-se, em uma leitura a partir do campo da Comunicação Social, pelos traços de personalidade que são atribuídos ao personagem, sempre em busca da aproximação com o povo.A transposição das etapas da Jornada do Herói, de Joseph Campbell (2007), permitiu o enquadramento da análise do conteúdo das biografias, demonstrando uma linha comum entre as obras: o tratamento heroico conferido aos protagonistas. A trajetória dos líderes presidenciais é narrada a partir de três fases principais: a partida, com as provações que se interpõe ao herói no início de sua vida; a iniciação, quando o indivíduo entra em contato com o universo político e inicia o seu aprendizado pessoal; e o retorno, na expressão da conquista do topo da escalada política, com a missão de modificar a realidade em que está inserido.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2099
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000439789-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,2 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.