Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/2109
Tipo: doctoralThesis
Título: A complexidade comunicacional nos espaços de relação do Shopping Center Iguatemi de Porto Alegre: um estudo de caso
Autor(es): Soster, Ana Regina de Moraes
Orientador: Scroferneker, Cleusa Maria Andrade
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Fecha de Publicación: 2007
Palabras clave: COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL
SHOPPING CENTERS
ESPAÇOS URBANOS
COMPLEXIDADE
Resumen: The advent and expansion of the urban areas are linked to a set of social, economic and cultural relationships in different spaces along the times. In such a context, the populational, economic and technologic flows, among others, have organized and reorganized such spaces, causing new processes and forms to appear. This way, the shopping malls in general, and Porto Alegre Iguatemi Shopping Center in particular, represent the spatial (re)organization, polarization capable of reaching beyond the condition of a “link between the parts”. When considered in their complexity, such spaces of clustering and diversity favor the understanding of those communicational processes there existing. Under such an approach, the Porto Alegre Iguatemi Shopping Center is made up by a set of relationship spaces which communicate with the shopping public, by simultaneously articulating the fragmented and fragmenting the apparently articulated elements. Like the city of Porto Alegre, the Iguatemi Shopping Center has (re) organized not only its environment but also its internal spaces, by means of its communicational spaces, aiming at responding the global/local interactions. By articulating the concepts of Bigger, Mix, Fashion, Style, Attitude, Movement, and Well Being, such Shopping Center for more than twenty years now has yarned a story that is linked to the very story of Porto Alegre, by building an identification, going beyond a lovemark. To widen up our possibilities of understanding, we have established seven communicational spaces: Health and Well Being, the Clock Square, the Services Street, the Gourmet Center, the National 24 Hours, and Lojas Renner. Supported by the Paragon of Complexity, in our research we have surveyed the bibliography and the sites in a field work that, besides observing in loco those mentioned spaces, and the Shopping Mall as a whole, has included interviews with people directly involved with Iguatemi Shopping Center, or with the spatial (re)organization of the city of Porto Alegre. Questionnaires have been also applied to Porto Alegre Iguatemi Shopping goers, whose answers have been given a qualitative treatment, thus significantly contributing for the understanding of the respondents’ perceptions in connection to the relationship spaces, and the shopping mall as a whole. At he end of this paper we consider that Porto Alegre Iguatemi Shopping Center, by its communicational spaces, represents to many of the questioned people, not only a part of the city of Porto Alegre, but the city of Porto Alegre itself.
O surgimento e, expansão do urbano vincula-se a um conjunto de relações socioeconômicas e culturais em diferentes espaços ao longo do tempo. Nesse contexto os fluxos populacionais, econômicos e tecnológicos, entre outros, organizaram e (re)organizaram estes espaços fazendo surgir novos processos e formas. Dessa maneira, os Shopping Centers de modo geral e o Shopping Center Iguatemi de Porto Alegre, em particular, representa a (re)organização espacial, polarização capaz de ir além da condição de "elo entre as partes". Estes espaços de aglomeração e de diversidade quando considerados na sua complexidade favorecem a compreensão dos processos comunicacionais neles existentes. Inserido neste olhar, o Shopping Center Iguatemi de Porto Alegre é constituído por um conjunto de espaços de relação os quais se comunicam com o público freqüentador simultaneamente articulando o fragmentado e fragmentando o aparentemente articulado. Assim como a cidade de Porto Alegre, o Shopping Center Iguatemi tem (re)organizado não só o seu entorno mas também seu intra-muros, através dos seus espaços comunicacionais buscando responder às interações global/local. Articulando os conceitos de Maior, Mix, Moda, Estilo, Atitude, Movimento e Bem- Estar, o Shopping Center Iguatemi tem construído há mais de vinte anos uma história que se confunde com a própria cidade de Porto Alegre, na construção de uma identificação, indo além de uma lovemark. Para ampliar nossas possibilidades de compreensão, estabelecemos sete espaços comunicacionais, a saber, Saúde e Bem-Estar, a Praça do Relógio, a Rua de Serviços, o Gourmet Center, o Nacional 24 horas e, as Lojas Renner. Apoiados pelo Paradigma da Complexidade realizamos em nossa pesquisa um levantamento da bibliografia e dos sites e um trabalho de campo que além das observações in loco dos espaços citados e do Shopping como um todo, incluiu entrevistas com pessoas diretamente envolvidas com o Shopping Center Iguatemi ou com a (re)organização espacial da cidade de Porto Alegre. Também foram aplicados questionários aos freqüentadores do Shopping Center Iguatemi de Porto Alegre, cujas respostas tiveram um tratamento qualitativo, contribuindo de modo significativo para a compreensão das percepções dos respondentes em relação aos espaços de relação e ao Shopping como um todo. Ao final deste trabalho consideramos que o Shopping Center Iguatemi de Porto Alegre, através dos seus espaços comunicacionais se constitui para muitos dos questionados, não só como parte da cidade de Porto Alegre, mas, a própria cidade de Porto Alegre.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2109
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000396424-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,02 MBAdobe PDFAbrir
Ver
000396424-Texto+Completo+Apendices+e+Anexos-1.o.pdfTexto Completo Apendices e Anexos5,71 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.