Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2171
Tipo: masterThesis
Título: Da tinta ao pixel: a influência das materialidades dos suportes na experiência de leitura
Autor(es): Macêdo, Robson Arthur Sarmento
Orientador: Pellanda, Eduardo Campos
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Data de Publicação: 2013
Palavras-chave: COMUNICAÇÃO SOCIAL
LIVROS ELETRÔNICOS
DESIGN GRÁFICO
LEITURA
Resumo: O papel do livro em nossa sociedade está sendo novamente discutido com o surgimento de novos suportes de leitura e novas formas de ler e de armazenar conteúdos. Os chamados ebooks estão no centro dessas discussões; ora como responsáveis por uma iminente “morte” dos livros impressos, ora como a figura messiânica que vai resgatar o hábito de leitura, principalmente entre os mais jovens. Visando refletir sobre essas transformações a partir das perspectivas da área do design gráfico e tendo como paradigma teórico a materialidades da comunicação, este trabalho tem como objetivo principal comparar as características gráficas do livro impresso e do e-book, analisando-se como os principais elementos e padrões gráficos desses formatos balizam a experiência de leitura nos dois tipos de suporte. Para isso, serão utilizados como objeto de análise o livro impresso e os suportes digitais Kindle e iPad. Primeiro, é feita uma análise bibliográfica para compreender como se estabeleceu a “cultura do livro impresso”, desde a passagem de uma sociedade oral até o surgimento da impressão de forma industrial, bem como os modos de construção do códex. Em um segundo momento, realiza-se uma análise comparativa dos balizadores de leitura de três obras literárias no suporte impresso, no Kindle e no iPad, a fim de se compreender como a materialidade desses suportes afetam a experiência de leitura. Assim, definimos uma metodologia de comparação utilizando não somente características da materialidade dos livros impressos, mas baseando-se também conceitos do mundo digital para verificar a adequação dos livros digitais à própria materialidade dos tablets. Para isso, utilizamos critérios subjetivos – para analisar a chamada “experiência de leitura” nos diferentes suportes –, e objetivos – para analisar os padrões balizadores de leitura do livro impresso e do eletrônico.Os resultados mostram que as estruturas fundamentais do livro impresso influenciam diretamente a experiência da leitura nos suportes digitais. Não há ainda uma cultura da leitura própria da materialidade dos ebooks. No caso do livro digital, há uma série de elementos e organizações nativas do impresso e que são apenas “adaptadas” à materialidade do digital.
The role of books in our society is being discussed again with the emergence of new media and new forms of reading and storing content. The e-books are at the center of these discussions, either as responsible for an impending "death" of printed books or as a messianic figure that will rescue the reading habit, especially among younger people. In order to reflect on these changes from the perspective of graphic design area and based on the materialities of communication as theoretical paradigm, this study aims to compare the main design characteristics of the printed book and the e-book, analyzing how they can lead the reading experience on both types of devices. The objects of analysis are the printed book and the digital devices Kindle and iPad. First, there is a literature review to understand the "culture of the printed book", from the transition of an oral society to the emergence of the printing industry, including the forms of building the codex. In a second step, we make a comparative analysis of the reading guides of three literary works in three different media – printed book, Kindle and iPad –, in order to understand how the materiality of these media affects the reading experience. Thus, we define a comparison methodology by using not only the characteristics of the printed books materiality, but also the concepts of the digital world to check the suitability of digital books to the materiality of the tablets. For this, we use subjective criteria - to analyze the "reading experience" in different media - and objective criteria - to compare the guide of reading in printed and electronic versions.The results show that the fundamental structures of the printed book influence directly the reading experience in digital media. There is not yet a culture of reading proper to the e-books materiality. In the case of the digital book, there are a number of elements that are native from "printed culture" that are just "adapted" to the digital materiality.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2171
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000447551-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo9,43 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.