Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2195
Tipo: masterThesis
Título: Identidade cultural em comunidades de usuários e desenvolvedores de software livre: o caso Debian-RS
Autor(es): Rosa, Guilherme Carvalho da
Orientador: Escosteguy, Ana Carolina Damboriarena
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Data de Publicação: 2008
Palavras-chave: COMUNICAÇÃO
SOFTWARE LIVRE
IDENTIDADE CULTURAL
Resumo: O presente estudo tem como objeto a dinâmica de comunicação e construção das identidades culturais a partir de comunidades de usuários e desenvolvedores de software livre. A pesquisa adota como estudo de caso o Grupo de Usuários Debian do Rio Grande do Sul (Debian-RS). A perspectiva é de fornecer um olhar, a partir das ciências da comunicação, para a dinâmica destes grupos que suscitam uma discussão sobre o político nas tecnologias. O quadro teórico provém, fundamentalmente, da aproximação dos estudos culturais britânicos e latino-americanos sobre a questão das identidades culturais. As opções metodológicas provêm de uma combinação de técnicas de pesquisa com relação a práticas de aproximação etnográfica e observação participante em nível offline conjugadas com evidências do objeto a partir dos espaços virtuais de interação. Como resultado, a pesquisa aponta três elementoschave: (1) a identidade com o software livre como cosmovisão (2) o dialogismo e os repertórios culturais em relação à formação instável dos discursos e (3) uma lógica global a partir de necessidades locais para o posicionamento do grupo.
This study brings a subject of the dynamics of communication and discursive formation of cultural identities from communities of users and developers of free software. The research takes as a case the Rio Grande do Sul Debian Users Group (Debian-RS). The approach is to provide a look, from communication studies, to the dynamics of these groups that’s raise a discussion about the political in technology. The theoretical framework fundamentally comes from the british and latin american cultural studies on the issue of cultural identities. The methodological options come from a combination of research techniques with the practice of ethnographic approximation and participant observation in offline level in conjunction with evidences of the object from the virtual spaces of interaction. As a result, the research points at three key elements: (1) the identity with the free software as a macroview (2) the dialectics and cultural skills on the formation of unstable speeches and (3) a global logic from local needs for the position of the group.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2195
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000398603-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,78 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.