Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2240
Tipo: doctoralThesis
Título: Representações do Brasil na imprensa britânica: uma análise cultural do jornal The Guardian
Autor(es): Dalpiaz, Jamile Gamba
Orientador: Escosteguy, Ana Carolina Damboriarena
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social
Data de Publicação: 2013
Palavras-chave: COMUNICAÇÃO SOCIAL
JORNALISMO - ASPECTOS SOCIAIS
IDENTIFICAÇÃO - BRASIL
ESTUDOS CULTURAIS
REPRESENTAÇÃO SOCIAL
Resumo: Este estudo trata da temática do jornalismo internacional a partir da perspectiva dos estudos culturais, abordando as representações do Brasil no contexto da imprensa de qualidade britânica. O principal objetivo é investigar os elementos culturais presentes no jornal The Guardian que, se analisados em conjunto, contribuem para dar visibilidade a uma identidade brasileira, permeada por práticas simbólicas do contexto onde circulam. Para tanto, busca aportes teóricos no campo dos estudos culturais britânicos e do jornalismo, adotando a perspectiva da análise cultural e o modelo analítico de Richard Johnson (1999) como percurso metodológico, que propõe uma articulação entre os momentos do processo comunicativo [circuito de cultura]. Nesse sentido, foram perseguidas as características e as implicações de cada momento, porém a ênfase reside nas articulações entre eles, que fornecem uma estrutura analítica para a pesquisa: produção e culturas vividas, produção e textos e textos e leituras. Os resultados finais apontam que a identidade brasileira construída pelos britânicos desponta mais próxima à ideia de complexidade sociocultural da nação, tendo como temas principais o território, a desigualdade social e a diversidade cultural do país.
This study is about the representations of Brazil in the context of the UK ‘quality’ press. The main objective is to investigate the cultural elements present in The Guardian newspaper that contribute to give visibility to a Brazilian identity, which is constructed by symbolic practices of the context of its circulation. The theoretical approach is based on the field of the British cultural studies and journalism, by taking the perspective of cultural analysis and the analytical model of Richard Johnson (1999). This methodological approach proposes an articulation between the moments of the communicative process [circuit of culture]. In this sense, the thesis pursues the characteristics and implications of each moment, but the emphasis is on the connections between them, which provides an analytical framework for research: production and lived cultures, production and texts and texts and readings. The final results point out that the Brazilian identity constructed by the British emerges closer to the idea of socio-cultural complexity of the nation. The main cultural meanings produced and analysed through the articulations are the territory, social inequality and cultural diversity of the country.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2240
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000447486-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo6,25 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.