Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/2719
Type: masterThesis
Title: Letramento e alfabetização: sociogênese e/ou psicogênese, quais os caminhos da apropriação da escrita?
Author(s): Castro, Flavia da Silva
Advisor: Abrahão, Maria Helena Menna Barreto
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Issue Date: 2010
Keywords: EDUCAÇÃO
ALFABETIZAÇÃO - ASPECTOS SOCIAIS
ESCRITA - APRENDIZAGEM
COGNIÇÃO
Abstract: Esta dissertação é fruto de uma pesquisa qualitativa, de natureza exploratória, que buscou investigar como a criança se apropria da língua escrita numa perspectiva psicogenética e/ou sociogenética. Foi realizado um estudo com cinco crianças de uma escola pública municipal da rede de ensino de Alvorada. Neste estudo, os alunos foram acompanhados semanalmente, por dois semestres letivos, realizando-se ditados/sondagens de cinco palavras e uma frase, semelhante à pesquisa realizada pela teórica psicogenética Emília Ferreiro. Este acompanhamento, feito mediante testagens, analisou que caminhos metacognitivos as crianças utilizaram para se apropriar da língua escrita. O estudo se fundamenta nos pressupostos teóricos de Vygotsky, Soares, Kleiman, Rojo, Smolka, Oliveira, entre outros teóricos que embasam a teoria sociocultural que estuda a educação, a aprendizagem e o desenvolvimento humano numa perspectiva sociogenética. O relatório apresenta resultados que nos levam a afirmar que as hipóteses psicogenéticas não são evidentes e universais na aquisição da escrita por parte da criança. É, igualmente, necessário considerar os fatores sócioculturais que influenciam na aprendizagem do código escrito na atualidade, visto que cada sociedade vai se desenvolver diferentemente, a partir de interações sociais e históricas que ocorrem através da cultura desta sociedade, e, isso implica o desenvolvimento humano também, pois, o desenvolvimento mental, no entendimento deste estudo, é, em sua essência, um processo sociogenético; sendo assim consideramos os fatores genéticos e sociais no estudo desenvolvimento humano. Logo, os estudos do letramento representam uma corrente teórica consistente para se elucidar os processos de alfabetização que são interpretados como um fenômeno sóciocultural.
This dissertation is the result of a qualitative research, in exploratory kind, which investigates how the child takes possession of the written language in a psychogenic and /or a sociogenetic perspective. This study was conducted with five children in a public school of Alvorada’s education network. In this study, the students were followed for two semesters to perform weekly dictations/polls of five words and a phrase similar to research conducted by the psychogenic researcher Emilia Ferreiro. This follow-up analyzed metacognitive paths that the children used to appropriate themselves of written language. This study is based on a theoretical framework of Vygotsky, Soares, Kleiman, Rojo, Smolka, Oliveira, and other theoretical bases for the theory that studies the social and cultural education, learning and human development in a sociogenetic perspective. This report presents results that allow us to affirm that the psychogenetic assumptions are not evident and universal in acquisition of writing by the child, because you must consider the socio-cultural factors that influence the learning of the written code today, since each society will develop itself differently from social and historical interactions that occur through the culture of this society and this implies also in human development, believing that mental development is, in essence, a sociogenetic process and thus it is not genetic, nor psychogenetic. Therefore, studies of literacy represent a theoretical orientation consistent enough to elucidate the processes of literacy that are interpreted as a socio-cultural phenomenon.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2719
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000430595-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo5,76 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.