Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/2767
Type: doctoralThesis
Title: O processo de alfabetização e a consciência linguística da criança: estudo de interfaces, no campo da educação
Author(s): Trevisan, Albino
Advisor: Mouriño Mosquera, Juan José
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Issue Date: 2013
Keywords: EDUCAÇÃO
ALFABETIZAÇÃO - MÉTODOS DE ENSINO
LINGUAGEM - CRIANÇAS
Abstract: A tese O processo de Alfabetização e a consciência linguística da criança: estudo de interfaces, no campo da educação tem por objetivo apresentar uma metodologia que alfabetiza interfaces com a formação da consciência linguística da criança no campo da educação, de modo que uma facilite o aprendizado da outra, ou, em outras palavras, um método que alfabetize sem dor e sofrimento (Dehaene, 2012). Os sujeitos pesquisados num tempo de três anos foram: a) no ano de 2010, a mesma foi realizada com quinze crianças de 1. º Ano do Ensino Fundamental; b) em 2011, com 29 crianças de Educação Infantil, nível III; c) em 2012, com 23 crianças do 1. º do Ensino Fundamental. Fontes: algumas vindas de depoimentos aleatórios, outras, de pesquisas entre professores e pais; por fim, em estudo resultante de pesquisa sistemática de três anos. Os resultados das pesquisas deram por comprovados o enunciado da tese e o respectivo objetivo. Nisso percebeu-se que, entre os sujeitos participantes da pesquisa em 2010, crianças do 1º Ano que anteriormente não haviam sido iniciadas com método, 73,33% estavam alfabetizados; e no 1º Ano de 2012, crianças que em 2011 tiveram iniciação pelo método, alfabetizaram-se 100%.Os autores consultados foram Vygotsky (2010), autor de referência básica, e em outros pensadores afins com as teorias dele. Entre estes: Mosquera (1984), Gardner (2007), Pino (2005), Dehaene (2012), Pereira (2006 - linguistas) e Blakemore/Frith (2010). A tese comprova que convém que a alfabetização com o método seja iniciada na Educação Infantil, nível III. Isso comprova a necessidade de utilizar o “saber falar e desenhar” da criança, desde o primeiro dia de aula, possibilitando que a alfabetização se torne um jogo que, enquanto a mente do aluno se sente desafiada, ele se diverte e aprende. Comprovam, também, que é válido introduzir a criança ao letramento por meio de desenhos, pictografias, ideografias e aos cinco planos da linguística.
The thesis The process of Literacy and linguistic of the children: Study of interfaces, in the field of education has as objetive the presentation of one methodology that literacy interfaces with the formation of a linguistic awareness of the children in the field of education, in a way that facilitates the learning of one and another, or, in other words, a method of literacy without pain and suffering (Dahaene, 2010). The searched subjects during the period of three years were: a) in the year of 2010 the same was realized with fifteen children from the 1. º year of Elementary School; b) In 2011, with 29 children from Early Childhood Education, level III; c) in 2012, with 23 children of the 1. º year of Elementary School. Sources: Some came from random testimonials, others, from researches between teachers and parents. At last resulting in studies of a systematic research of three years. Research results have proven by the statement of the thesis and its respective purpose. In this was noticed that, between the participant subjects from the research in 2010, children of the 1. º year of Elementary School who early haven't been initiated with the method, 73,33% were alphabetized; and in the 1st year of 2012, children who in 2011 where initiated by the method, were alphabetized 100%.The consulted authors were Vygotsky (2010), auteur of basic reference, and in other similar thinkers alike with his theories. Among them: Mosquera( 1984), Gardner (2007), Pino (2005), Dehaene(2012), Pereira (2006 – linguistas) and Blackmore/Frith (2010). The thesis shows that it is appropriate for literacy with the method initiated at Early Childhood Education, level III. This proves the necessity of utilizing the “knowing, talking and drawing” of the child, since the first day of class, enabling that the literacy become a game that, while the mind of the student feels challenged, he has fun and learn. It proves too that is valid to introduce the child to literacy by means of drawings, pictographs, ideographs and the five plans of linguistics.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2767
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000449365-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,61 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.