Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2847
Registro Completo de Metadados
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFernandes, Cleoni Maria Barbozaen_US
dc.contributor.authorCasaletti, Bárbara Burgardten_US
dc.date.accessioned2013-08-07T18:50:43Z-
dc.date.available2013-08-07T18:50:43Z-
dc.date.issued2012pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/2847-
dc.description.abstractThis study was made in the line of research Formation, Politics and Practices in Education from the Post-Graduation Program of PUCRS and tried to clarify how is the constitution of an online professor in a context of a corporative education, out of the school limits. Its construction is based on the Resolution number 71/2010, from the Superior Board of Justice of Work – CSJT, which institute the National Politic of Distance Education and Selfinstruction to the public servers from the Justice of Work as well as in the Resolutions numbers 126/2011 and 159/2012, from the National Board of Justice – CNJ, that manages the National Plan of Capacity of Servers and Magistrate and Formation of Magistrates and Servers from the Judicial Power. The research has a descriptive quality nature and used recommendations from Engers (1999) to select some answers from people from investigated universe – three professors and two students, some of them servers from the Judiciary Power and other no. At this time, one of the relevant aspects of the investigation was the use of the Facebook, with a video call, to make the interview with two professors, showing how the social net can also be used to academic purpose and not only social. With the collected data, it was made a textual discursive analysis as Moraes and Galiazzi (2011) to analyze the speech of the interviewee. From this analysis, three categories came up to explain the constitution of online instructor. The first of them, Online instructor features, came with four deployments: promote the interactive; dominate the knowledge of the professional specialty; know the technologic resources and be virtual present. The second, Instructor development wanted from the online instructor, resulting two deployments: guide the pedagogic process and act as mediator in the relation from the student and the knowledge. The last category, Didacticpedagogic references that substantiates the practice of an online instructor, pointed as deployments: the pedagogy of “parangolé”; the pedagogy centered in the relation student, professor and goal of knowledge and theory principals of Vygotsky and Piaget.en_US
dc.description.abstractEste estudo foi elaborado na linha de pesquisa Formação, Políticas e Práticas em Educação do Programa de Pós-Graduação em Educação da PUCRS e procurou esclarecer como se constitui um docente online em um contexto de educação corporativa, ou seja, fora dos limites da escola. Sua construção alicerça-se na Resolução nº 71/2010, do Conselho Superior da Justiça do Trabalho - CSJT, que institui a Política Nacional de Educação a Distância e Autoinstrução para os Servidores da Justiça do Trabalho, bem como nas Resoluções nºs. 126/2011 e 159/2012, do Conselho Nacional de Justiça - CNJ, que tratam, respectivamente, do Plano Nacional de Capacitação Judicial de Magistrados e Servidores e da Formação de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário. A pesquisa realizada foi de natureza qualitativa descritiva e utilizou recomendações de Engers (1999) para selecionar intencionalmente alguns respondentes do universo a ser investigado – três professores e duas alunas, alguns deles servidores do Poder Judiciário e outros não. Nessa etapa, um dos aspectos relevantes da investigação foi a utilização do Facebook, com chamada de vídeo, para realizar a entrevista com dois professores, demonstrando como uma rede social pode ser utilizada também para fins acadêmicos e não apenas sociais. De posse dos dados coletados, foi utilizada a análise textual discursiva segundo Moraes e Galiazzi (2011) para analisar o pronunciamento dos entrevistados. Dessa análise, emergiram três categorias de análise para explicar a constituição do docente online. A primeira delas, Características do docente online, gerou quatro desdobramentos: promover a interatividade; dominar os saberes da especialidade profissional; conhecer os recursos tecnológicos e estar presente virtualmente. A segunda, Desempenhos docentes desejáveis do docente online, resultou em dois desdobramentos: orientar o processo pedagógico e atuar como mediador da relação do estudante com o conhecimento. A última categoria, Referenciais didático-pedagógicos que fundamentam a prática do docente online, apontou como desdobramentos: a Pedagogia do parangolé; a Pedagogia centrada na relação aluno, professor e objeto de conhecimento e princípios teóricos de Vygotsky e Piaget.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectEDUCAÇÃOpt_BR
dc.subjectPROFESSORES - FORMAÇÃO PROFISSIONALpt_BR
dc.subjectEDUCAÇÃO A DISTÂNCIApt_BR
dc.subjectEDUCAÇÃO CORPORATIVApt_BR
dc.titleA constituição do docente online em um contexto de educação corporativapt_BR
dc.typemasterThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Educaçãopt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Educaçãopt_BR
dc.degree.levelMestradopt_BR
dc.degree.date2012pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000445240-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,77 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.