Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/2848
Tipo: doctoralThesis
Título: O embate do processo de implantação de um currículo modular na educação superior: o curso de odontologia da UNIPLAC, Lages - SC
Autor(es): Toassi, Ramona Fernanda Ceriotti
Orientador: Stobäus, Claus Dieter
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação
Data de Publicação: 2008
Palavras-chave: EDUCAÇÃO
ENSINO SUPERIOR
CURRÍCULO UNIVERSITÁRIO
ODONTOLOGIA - ENSINO
DENTISTAS - FORMAÇÃO PROFISSIONAL
EDUCAÇÃO E SAÚDE
Resumo: O propósito da presente pesquisa foi compreender o desenvolvimento do processo de construção e implantação de um currículo modular para o Curso de Odontologia, baseado nas Diretrizes Curriculares Nacionais, em uma universidade comunitária no Sul do Brasil. Dentro desta temática, foi apresentada a perspectiva dos estudantes do curso, dos professores e da equipe diretiva da Universidade. A metodologia qualitativa utilizou um Estudo de Caso, cujo campo de investigação foram os depoimentos de participantes da reforma curricular no curso de graduação em Odontologia da Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC), em Lages - SC. A coleta de dados aconteceu por meio de entrevistas, ao longo de nove meses, em que participaram os discentes de Odontologia (currículo modular), os docentes, em diferentes áreas de atuação e a equipe diretiva da Universidade (Coordenador de curso, o Chefe de Departamento e o Pró-Reitor de Ensino). Além das entrevistas, a coleta de dados incluiu a análise documental e a observação (registros em diário de campo). Os dados foram analisados por meio da Análise Textual Discursiva, proposta por Moraes e Galiazzi (2007). Os resultados estão reunidos nas seguintes categorias: 1) O processo de reforma curricular: a proposta possível de mudança na formação; 2) As tensões do processo: a diferença entre a teoria pensada e a realidade percebida (A integração: condição essencial no currículo modular / A organização ou a falta dela /Cirurgiões-dentistas professores ou professores cirurgiões-dentistas: o (des) preparo dos professores do curso de odontologia; Avaliações, aprendizagens e currículo: dificuldades de integração / A coordenação do curso de odontologia: onde está? O novo emergente: o desafio da mudança); 3) O caminhar do processo e seus avanços;4) A vivência do currículo integrado: um processo contínuo de aprendizagem e superação; 5) O curso de odontologia da UNIPLAC: o que vemos para o futuro? Foi observado um longo e complexo processo de elaboração da nova estrutura curricular, especialmente no que se referiu à participação e motivação de professores no colegiado do curso de Odontologia. Houve dificuldades no entendimento da proposta por professores e estudantes. Ainda assim, o método proposto foi bem recebido e avaliado pelos estudantes nos diferentes semestres do curso. Os nós de maior densidade do processo de mudança curricular incluem: - falta de integralidade, organização e comunicação dentro dos módulos e entre os módulos; - desconhecimento, por parte dos professores, da proposta curricular; - forma de contratação dos professores na instituição; - dificuldade no processo de avaliação dos estudantes; - despreparo do coordenador do curso; - falta de capacitações para o colegiado do curso de Odontologia (antes e após a implantação do novo currículo). Há necessidade da retomada responsável na condução do processo de reforma curricular e de uma gestão mais partilhada e coletiva na Universidade.
The aim of the present study was to comprehend the ongoing process of construction and implantation of an integrated curriculum for graduation in dental education, according to the National Curricular Guidelines, in a community university in the south of Brazil. In this sense, it was evaluated the expectations of the engaged students, professors, and the management group of the university. It was employed a qualitative methodology of case study based on the testimonies of the subjects moved ahead on the curricular reform for the graduation degree in Odontology of the Universidade do Planalto Catarinense (UNIPLAC) in Lages, State of Santa Catarina. Data were gathered along 9 months by direct interviews to all the selected participants belonging to the groups of undergraduate students (from the new integrated curriculum), assistant and full professors (from different professional working areas), and members of the directive group in different hierarchical positions. Besides this approach, research data included documental analysis and notes in regard to direct in loco observations. The writing discursive analysis technique was employed as proposed by Moraes and Galiazzi (2007). Results were grouped in the following categories: 1) The curricular reform process: one possible proposal for changing graduation standards; 2) Process-related stress: differences between the imagined theory and the perceived truth (Integration: the crucial condition for an integrated curriculum/ Organization or lack of organization/ Dentists as professors or professors that are also dentists: teaching (non-)capacities of the professors of Odontology; Exams, lessons and curriculum: difficulties for the integration/ Where is the Odontology course coordination group? The new and emergent fact: the challenger changing); 3) The development of the process and its forward steps;4) The ongoing experience of an integrated curriculum: a continuous process of learning and overcoming; 5) The graduation in Odontology at UNIPLAC: what can be foreseen? There was a long and complex process for the elaboration of the new curricular structure, mainly due to the motivation and participation of the professors engaged in the Odontology course. For them and the students, it was not an easy way to realize the rationale of the new curricular proposal. Even though, students from different graduation years felt themselves well adapted to the integrated curriculum and high rated their experience with the new curriculum when asked to. Main limitations that were noted included: - lack of integration, organization and dialogue within and among the modular themes; - professors’ lack of knowledge of the new integrated curriculum proposal; - how is the Univeristy policy for the professor application and selection procedure; - difficulties when evaluating students’ performance; - lack of pedagogical expertise for the course coordinator position; and, - lack of adequate training for the Odontology docent staff prior to and after the beginning of the new integrated curriculum. There is a clear need for redirecting this process of curricular reform aiming a more reliable and consistent way as well as a more participative and collective administration of the UNIPLAC.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2848
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000408223-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,68 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.