Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/2898
Type: masterThesis
Title: Professores de alunos com deficiência visual: saberes, competências e capacitação
Author(s): Silveira, Cíntia Murussi
Advisor: Carvalho, Isabel Cristina de Moura
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Educação
Issue Date: 2010
Keywords: EDUCAÇÃO ESPECIAL
PROFESSORES - FORMAÇÃO PROFISSIONAL
PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL - EDUCAÇÃO
INCLUSÃO ESCOLAR
Abstract: Esta dissertação pesquisou as competências, os saberes e o impacto da capacitação dos professores das Salas de Recursos de alunos com Deficiência Visual. Esta necessidade surge da importância em aprofundar o conhecimento específico da área da Deficiência Visual, isto é, saberes e competências necessárias a atuação dos professores frente a este alunado. A partir do diálogo que estabelecemos com autores como Jacques Delors, Maurice Tardif, Maria Teresa Eglér Mantoan, Philippe Perrenoud, Deborah Deutsch Smith entre outros, pensamos que o professor, um dos agentes do processo educativo, é peça fundamental na condução do processo de ensino e aprendizagem. Realizamos uma pesquisa qualitativa, utilizando a entrevista semi-estruturada e, a partir deste instrumento, ouvimos 17 professores que trabalham com deficientes visuais nas seguintes cidades: Porto Alegre, Viamão, Canoas, São Leopoldo, Cruz Alta, Santana do Livramento, Santo Antônio da Patrulha, Santo Ângelo, Gravataí, Alvorada. As entrevistas foram realizadas em sua maioria nas Escolas, com grande colaboração dos professores participantes. Os principais resultados que emergiram desta pesquisa foram:a) as três disciplinas: Informática, Orientação e Mobilidade e Soroban que compõem o atendimento especializado dos alunos com deficiência visual, ainda não são vistas como prioridade no ensino destes alunos pelos professores pesquisados; b) na percepção dos professores pesquisados o processo de ensino-aprendizagem dos alunos com deficiência visual não acontece de forma isolada, mas também na interação entre os colegas videntes; c) a competência mais valorizada nas entrevistas foi a competência técnica/Aprender a conhecer/Saber, seguidas pelas a Aprender a Fazer/Saber Fazer/Competências Metodológicas, Aprender a Conviver/Saber Estar/Competências Participativas e a Competência Aprender a Ser/Saber Ser/Competências Pessoais; d) os profissionais pesquisados demonstraram em sua maioria clareza da importância do seu trabalho para os alunos deficientes visuais, apesar de indicarem a necessidade de maior capacitação nas disciplinas específicas do atendimento educacional especializado para deficientes visuais, particularmente nas disciplinas “orientação e mobilidade”, “informática”e “soroban”; e) a inclusão educacional dos alunos com baixa visão ou cegueira é relatada como bem sucedida nas Escolas em que as Salas de Recursos cumprem seu papel. Com a análise destes resultados, obtivemos um melhor entendimento do trabalho do professor da Sala de Recursos e do funcionamento deste espaço como recurso fundamental de apoio à aprendizagem dos alunos com Deficiência Visual.
This dissertation researched the skills, knowledge and the impact of teacher training Resource Room for students with Visual Impairments. This need arises from the importance of deepening the knowledge of the field of Visual Impairment, that is, knowledge and skills necessary for the performance of teachers in accordance to these students. From the dialogue we have with authors such as Jacques Delors, Maurice Tardif, Maria Teresa Eglér Mantoan, Perrenoud, Deborah Deutsch Smith and others, we believe that the teacher, one of the agents of the educational process, is a key part in driving the process of teaching and learning. We conducted a qualitative research, using semi-structured interview, and from this instrument we heard 17 teachers working with visually impaired people in the following cities: Porto Alegre, Viamão, Canoas, São Leopoldo, Cruz Alta, Santana do Livramento, Santo Antônio da Patrulha, Santo Ângelo, Gravataí, Alvorada. The interviews were conducted mostly in schools, with great cooperation from the participating teachers. The main results emerging from this research were:a) the three disciplines: Computing, Orientation and Mobility and Soroban that make up the specialized care of students with visual impairments, are still not seen as priority in the education of students by the participating teachers; b) in the perception of participating teachers, the process of teaching and learning of students with visual impairment does not happen in isolation, but also with the interaction between colleagues seers; c) the power valued in the interviews was the technical competence/ Get to know / Know, followed by the Learning to Do/ Know-How / Methodological Skills, Learning to Live/ Learn Be / Participatory Competence and Learning to Be Competence / Know how to be / Personal Skills; d) most professionals surveyed demonstrated clarity in the importance of their work for the blind students, while indicating the need for more training in specific disciplines of specialized educational services for the visually impaired, particularly in the subjects “orientation and mobility", “computing” and “soroban "; e) the educational inclusion of students with low vision or blindness is reported as successful in schools where the Resource Room fulfill their role. By analyzing these results, we obtained a better understanding of the teacher’s work of the Resource Room and the operation of this space as a fundamental resource to support learning for students with Visual Impairment.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2898
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000421421-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,83 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.