Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/2996
Type: masterThesis
Title: Estudo do desenvolvimento do pensamento geométrico por alunos surdos por meio do Multiplano no ensino fundamental
Author(s): Arnoldo Junior, Henrique
Advisor: Ramos, Maurivan Güntzel
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática
Issue Date: 2010
Keywords: EDUCAÇÃO - MATEMÁTICA
MATEMÁTICA - ENSINO FUNDAMENTAL
PESSOAS COM DEFICIÊNCIA AUDITIVA - EDUCAÇÃO
MÉTODOS E TÉCNICAS DE ENSINO
GEOMETRIA
APRENDIZAGEM - ESTRATÉGIAS
Abstract: A abordagem da educação inclusiva adotada pelo Brasil desde 1990 trouxe mudanças significativas para a educação matemática, principalmente para a educação matemática de alunos surdos. Assim, ocorrem barreiras comunicativas, como as impostas pelas divergências estruturais e gramaticais entre a Libras e a Língua Portuguesa, em relação à falta de sinais específicos da Libras para tratar termos e conteúdos matemáticos e à falta de profissionais que conheçam Libras suficientemente para manter um diálogo com os alunos surdos. Visando a diminuir essas barreiras, esta dissertação apresenta um estudo de caso, no qual foi empregado um recurso concreto, o Multiplano®, para ensinar geometria a alunos surdos. A pesquisa teve por objetivo analisar de que forma o Multiplano® pode contribuir para a aprendizagem de geometria e para o desenvolvimento do pensamento geométrico destes alunos. A pesquisa, de cunho etnográfico, tem por base estudos da cultura surda, pela teoria de van Hiele relacionada ao pensamento geométrico, e pelos estudos de Vygotsky, sobre pensamento e linguagem. Para a coleta de dados, foram empregados instrumentos, tais como: caderno de campo digital, entrevistas, questionários, vídeos, fotografias e testes avaliativos baseados em van Hiele.Testes iniciais foram aplicados visando a avaliar as competências geométricas e linguísticas iniciais dos alunos. Após, uma Unidade de Aprendizagem com uso do Multiplano® foi realizada e, finalmente, por meio de testes finais foram avaliados os avanços dos sujeitos em suas competências, ou seja, se o pensamento e raciocínio geométrico evoluíram. As informações foram organizadas em narrativas etnográficas, as quais foram submetidas à Análise Textual Discursiva – ATD. Os resultados deste estudo de caso contribuem para validar o Multiplano® para o ensino e aprendizagem de alunos surdos. O Multiplano® mostra-se um recurso didático que contribui para o desenvolvimento do pensamento geométrico, a mediação do conhecimento, a estimulação à criatividade, a diminuição de barreiras comunicativas por compensações sígnicas, a criação de ZDP e a possibilidade de nelas intervir, atuando em posições de não-aprendizagem. Contribui também para o léxico da Libras, pela estimulação do pensamento por sinais e pela criação de sinais específicos pelo uso de classificadores dessa língua. O Multiplano® mostra-se um instrumento cultural que atende às necessidades da cultura surda para a aprendizagem em Matemática.
The approach of inclusive education adopted by Brazil since 1990 has brought about significant changes in mathematics education, especially for the mathematics education of deaf students. Thus, occur communicative barriers, such as those imposed by the structural and grammatical differences between the Sign Language and the Portuguese, the lack of specific signs of Sign Language to treat mathematical terms and content and also the lack of professionals who know Sign Language enough to maintain a dialogue with the deaf students. Aiming to reduce these barriers, this paper presents a case study that employed a specific feature, the Multiplano®, to teach geometry to deaf students. The research aimed to examine how the Multiplano® may contribute to the learning of geometry and the development of geometric thought these students. To make this possible, this ethnographic research was supported by studies of deaf culture, the van Hiele's theory about geometric thinking and the Vygotsky's theory about thought and language. To data collection was utilized the digital field notebook, interviews, questionnaires, videos, photo ethnography and ratings based on van Hiele. Initial tests were applied for to evaluate the geometric and initial linguistic skills of students.After, a Learning Unit was applied, using the Multiplano®. Finally, the final tests were applied to evaluate the subjects progress related to skills and geometric thinking. The information was organized in ethnographic narratives, which were submitted to Discourse Textual Analysis - ATD to validate the interpretation allowed by the Multiplan®, for teaching and learning of deaf students in this case study. The result of this case study helps to validate the Multiplan® for teaching and learning of deaf students. The Multiplano® shows up as a teaching resource suitable to contribute to the development of geometric thought, because it makes the mediation of the knowledge, it encourages the creativity, it reduces communication barriers by signic compensation through the ZDP and operates in non-learning positions. It also contributes to the lexicon of Sign language, by stimulating the thinking of signs and the creation of specific signals by the use of sorters Sign Language. The Multiplano® shows itself as a cultural tool that meets the needs of the deaf culture for learning in mathematics.
URI: http://hdl.handle.net/10923/2996
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000426535-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo14,96 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.