Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/3019
Tipo: masterThesis
Título: Políticas públicas educacionais e ensino de ciências: dificuldades e potencialidades
Autor(es): Polino, Sandra Garcia
Orientador: Lima, Valderez Marina do Rosário
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática
Fecha de Publicación: 2012
Palabras clave: CIÊNCIAS - ENSINO FUNDAMENTAL
CIÊNCIAS - ENSINO MÉDIO
ENSINO PÚBLICO - BRASIL
POLÍTICA EDUCACIONAL
APRENDIZAGEM - ESTRATÉGIAS
CIÊNCIAS - MÉTODOS DE ENSINO
Resumen: As políticas públicas educacionais passam por diversas instâncias antes de serem implementadas nas instituições de ensino. No caso particular das escolas da rede pública, normalmente, ações de maior proporção são desenvolvidas por meio de programas e projetos que derivam das instituições mantenedoras, como o Governo Federal, por meio do MEC e das Secretarias de Educação dos estados e dos municípios. A presente pesquisa procurou investigar de que forma gestores, representados por coordenadores e diretores da Secretaria de Estado da Educação, bem como professores das escolas públicas da rede estadual, percebem e viabilizam as políticas públicas voltadas para o ensino das áreas científicas. Os dados foram coletados através de entrevistas, de grupos focais e da abordagem metodológica qualitativa com análise pautada pela Análise Textual Discursiva. A partir dos resultados da pesquisa, foi possível identificar duas categorias essenciais para a compreensão da análise. A primeira categoria, “Apropriação e Ressignificação das Políticas Públicas Educacionais e o Ensino de Ciências”, aborda a percepção dos educadores que fizeram parte do estudo sobre as políticas públicas e que estiveram presentes em suas práticas pedagógicas e a forma pela qual participaram na reelaboração destas políticas educacionais a fim de implementá-las na escola.A segunda categoria, “Dificuldades no Trato com as Políticas Públicas Educacionais e as Possibilidades Vislumbradas para Minimizá-las”, trata dos entraves encontrados na ação docente que acarretam consequências para o ensino de Ciências e as alternativas propostas pelos sujeitos da pesquisa para minimizar tais dificuldades. As subcategorias abordam a descontinuidade e a descontextualização das políticas públicas educacionais, a falta de parceria entre universidade e escola, dificuldades de obter recursos e acesso a projetos na área de Ciências e as repercussões da falta de valorização da profissão de professor. A partir da pesquisa, foi possível verificar que o percurso para implementação de programas e projetos educacionais constitui uma das engrenagens das políticas públicas educacionais para o qual todos os envolvidos são importantes e responsáveis pelos resultados do processo.
Public Policy Education has passed through several instances before being implemented in teaching institutions. Particularly in the case of public schools, normally, action with greater proportion have been developed through programs and projects that derive from maintaining institutions, such as the Federal Government, through MEC (Ministry of Education and Culture) and the Departments of Education in states and cities. This research aims to investigate how managers, represented by coordinators and directors of the State Department of Education, as well as teachers of public schools of the state, have perceived and enabled public policies focused on teaching scientific areas. Data were collected through interviews with focal groups, and a qualitative methodological approach, with an analysis guided by a Discursive Textual Analysis, was utilized. From the research results, it was possible to identify two essential categories for understating the analysis. The first category, “Appropriation and Reinterpretation of Public Policy Education and Science Teaching” has approached the perception of the educators who made part of the study on public policies and that were present in their pedagogical practices, besides the way they participated in the re-elaboration of these education policies in order to implement them in school.The second category, “Difficulties in Dealing with Public Policy Education and the Possibilities Glimpsed to Minimize them”, has processed the barriers found in the teaching action that result in consequences for Science teaching, and the alternatives proposed by research subjects utilized to minimize such difficulties. Moreover, the subcategories have addressed the discontinuity and non-contextualization of public policy education, the lack of partnership between universities and schools, difficulties in obtaining resources and accessing projects in the Science field, and the impact of lack of appreciation for the teaching profession. Thus, from this research, it was possible to verify that the course for implementing education programs and projects has constituted one of the gears of public policy education, for which all people involved are important and in charge of the process results.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3019
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000449158-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo891,33 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.