Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/3567
Tipo: masterThesis
Título: Efeito da aplicação local de células mononucleares adultas autógenas em cirurgia de perda óssea alveolar induzida em camundongos
Autor(es): Guimarães, Maria Letícia Rassi
Orientador: Padilha, Dalva Maria Pereira
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Data de Publicação: 2008
Palavras-chave: GERONTOLOGIA
GERIATRIA
ODONTOLOGIA GERIÁTRICA
ENVELHECIMENTO
PERDA ÓSSEA ALVEOLAR
IDOSOS
Resumo: A associação entre envelhecimento e perda óssea alveolar em humanos é de difícil avaliação e a reparação dos tecidos periodontais e constitui um desafio a Odontologia. O objetivo este estudo foi analisar a resposta do tecido ósseo alveolar frente à aplicação local de células mononucleares adultas autógenas, com análises morfométricas e análise da expressão da osteocalcina em RT-PCR. Foram utilizados camundongos machos BALB/c de 3 (n=5) e 9 (n=7) meses de idade. A perda óssea alveolar foi induzida por cirurgias de descolamento mucoperiósteo vestibular em mandíbulas nas regiões de molares nos lados direito e esquerdo. O lado direito - sítio experimental, com a aplicação de células mononucleares, e o lado esquerdo - sítio controle, com a aplicação de DPBS. Os resultados da perda óssea foram expressos em mm2 e comparados com teste t de Student pareado. Nas análises morfométricas aos 3 e 9 meses, a área da perda óssea na face vestibular não foi diferente entre os grupos. Entretanto, a perda óssea das amostras controle aos 3 meses, face lingual foi significativamente maior que as amostras experimentais (p<0. 03). A expressão da proteína osteocalcina no grupo dos camundongos de 3 meses foi praticamente inexistente. Enquanto na análise dos resultados aos 9 meses a proteína apresenta diferenças significativas de expressão, demonstrando que de 7 sítios experimentais, 5 deles expressaram mRNA de osteocalcina. Nas condições deste experimento os resultados evidenciaram a prevenção da perda óssea alveolar na face lingual dos camundongos mais jovens e uma significante expressão da proteína osteocalcina aos 9 meses.
The association in humans between aging and alveolar bone loss is difficulty to evaluation and periodontal tissues repair and is a challenge for dentistry. This study analyzed the behavior of mandibular bone tissue after application of adult autogenous mononuclear cells using morphometric examination and measurements of osteocalcin values with RT-PCR. Male BALB/c mice aged 3 (n=5) and 9 months (n=7) were used. Alveolar bone loss was induced by mucoperiosteal flap surgery of the right and left molar regions of the mandible. The right side - experimental side and received applications of adult autogenous mononuclear cells, and the left side - control side and received applications of DPBS. Results of alveolar bone loss were expressed in mm2 and compared by paired Student t test. Morphometric analyses revealed in 3 and 9- months-old, area of bone loss in the buccal side were not statistically different between groups. However, the mean in lingual side of control samples was significantly larger compared with experimental samples (p<0. 03). Osteocalcin expression revealed that the values of the protein were practically negligible in samples of 3-month-old mice. The analysis of the 9-month-old mice, however, showed that the protein values were significantly different: 5 of the 7 experimental samples showed osteocalcin expression in mRNA. Under the experimental conditions the results showed that alveolar bone loss was prevented in the lingual side of younger mice, and that values of osteocalcin expression were significantly different in the samples of 9-month-old mice.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3567
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000400250-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,81 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.