Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/3573
Tipo: masterThesis
Título: A relação entre auto-estima, auto imagem e qualidade de vida em idosos participantes de uma oficina de inclusão digital
Autor(es): Fraquelli, Ângela Aita
Orientador: Cammarota, Martín
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Fecha de Publicación: 2008
Palabras clave: MEDICINA
GERIATRIA
GERONTOLOGIA BIOMÉDICA
IDOSOS
ENVELHECIMENTO
QUALIDADE DE VIDA
AUTO-ESTIMA
AUTO-IMAGEM
INFORMÁTICA - ENSINO
INCLUSÃO DIGITAL
APRENDIZAGEM - ASPECTOS SOCIAIS
Resumen: Introduction: The permanent education of elderly people who are active and integrated in society – with respect to levels of self-esteem, self-image and quality of life, can contribute to a successful life at old age. Objectives: The present study aimed at evaluating the levels of self-esteem, selfimage and quality of life in a group of elderly people attending digital inclusion workshops in a project of Pontifical Catholic University of Rio Grande do Sul (PUCRS) named PotencialIdade. Moreover, the scores measured by the Questionnaire of Self-esteem and Self-image, and the WHOQOL-BREF and WHOQOL-OLD instruments were related to social-demographic variables. The research also verified the association between self-esteem/self-image and quality of life in the group. Methods: Through an analytical-descriptive cross-sectional assessment, fifty elderly individuals, at ages ranging from 60 to 87 years old, were investigated. The data collection was performed at the digital inclusion workshops of PUCRS, using the convenience sampling process. All participants filled the Free and Informed Consent, and were invited to answer questions on social-demographic matters, self-esteem, self-image (Questionnaire of Self-Esteem and Self-Image) and quality of life (WHOQOL-BREF and WHOQOL-OLD). Results: The majority of the elderly from PotencialIdade were married females, with high levels of schooling, who had been engaged in the workshops from one to two years. Results showed a high level of quality of life of the elderly in both tests. Scores were 71,4±11,1 for WHOQOL-BREF and 67,0±10,3 for WHOQOL-OLD. They also pointed out a high level of self-esteem and self-image. The global average of the questionnaire was 184,7±22,3. The elderly that had been engaged in the workshops from three to five years showed a higher self-image. Conclusions: The study indicates there is an association among self-esteem, selfimage and quality of life in aging, showing levels of self-esteem and self-image influence on the measurement of Quality of life. It was also observed that the time the elderly had attended the digital inclusion workshops seems to be associated with good self-image.
Introdução: A educação permanente de idosos ativos e integrados na sociedade – sob o ponto de vista dos níveis de auto-estima, auto-imagem e qualidade de vida, pode contribuir para que o indivíduo alcance uma velhice bem-sucedida. Objetivos: O presente estudo teve como objetivo avaliar os níveis de auto-estima, auto-imagem e qualidade de vida em um grupo de idosos participantes das oficinas de inclusão digital do Projeto Potencialidade da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Além disso, relacionou os escores obtidos por meio do Questionário de Auto-Estima e Auto-Imagem, e dos instrumentos WHOQOL-BREF e WHOQOL-OLD com variáveis sócio-demográficas. Ainda, propôs-se a verificar a associação da auto-imagem e auto-estima com a qualidade de vida na amostra estudada. Métodos: O estudo realizado teve delineamento transversal, descritivo-analítico, com a participação total de 50 idosos, com idades entre 60 e 87 anos. A coleta de dados foi realizada nas oficinas de inclusão digital da PUCRS, e o processo de amostragem foi o de conveniência. Todos os participantes preencheram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido e, a partir daí, foram convidados a responder a respeito de informações sócio-demográficas, auto-estima e auto-imagem (Questionário de Auto-Estima e Auto-Imagem) e qualidade de vida (WHOQOL-BREF e WHOQOL-OLD). Resultados: Os idosos do Projeto Potencialidade são na maioria do sexo feminino, casados, com um alto nível de escolaridade, tendo participado das oficias por um período de um a dois anos. Os resultados apresentaram um nível elevado de qualidade de vida dos idosos em ambos os testes. Os escores foram de 71,4±11,1 no WHOQOL-BREF e de 67,0±10,3 no WHOQOL-OLD. Os resultados também apontaram um nível elevado de auto-estima e auto-imagem.A média global do questionário foi de 184,7±22,3. Os idosos que freqüentavam as oficinas por um período de três a cinco anos apresentaram uma maior auto-imagem. Conclusões: O estudo aponta para uma associação entre a auto-estima, auto-imagem e qualidade de vida no envelhecimento. Concluiu-se que os níveis de auto-estima e auto-imagem influenciam na mensuração da Qualidade de Vida. Observou-se também que o tempo de permanência dos idosos nas oficinas de inclusão digital parece estar associado com uma boa auto-imagem.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3573
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000400281-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo823,99 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.