Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/3668
Tipo: doctoralThesis
Título: Uso de fármacos e consumo de nutrientes por idosos
Autor(es): Venturini, Carina Duarte
Orientador: De Carli, Geraldo Attilio
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Data de Publicação: 2012
Palavras-chave: MEDICINA
GERONTOLOGIA
GERIATRIA
IDOSOS
ENVELHECIMENTO
INTERAÇÕES DE MEDICAMENTOS
IDOSOS - NUTRIÇÃO
Resumo: Introdução : Alterações fisiológicas decorrentes do envelhecimento levam o idoso a deficiências nutricionais que podem ser agravadas pelo consumo inadequado de nutrientes na dieta e pela polifarmácia.Objetivos : O artigo 1 propôs analisar as potenciais interações farmacológicas entre os fármacos utilizados por idosos. O artigo 2 objetivou traçar o perfil de consumo de nutrientes nesses indivíduos e o artigo 3 propôs associar a inadequação de consumo de nutrientes da dieta com a depleção de nutrientes causada pelo uso de fármacos.Métodos : Foi realizado um estudo observacional transversal, de base populacional pelo Instituto de Geriatria e Gerontologia (IGG), PUCRS. Foi realizada uma análise retrospectiva da base de dados do IGG, composta por 512 idosos e diversos indicadores epidemiológicos. No artigo 1 foi utilizado o sistema de classificação de fármacos denominado Anatomical Therapeutic and Chemical Classification System (ATC). As interações farmacológicas foram analisadas através do programa Micromedex® Healthcare Series. No artigo 2, foi avaliado o consumo alimentar, utilizando-se o Inquérito Recordatório de 24 Horas e Investigação da História Dietética. Foi calculada a composição nutricional da dieta com o auxílio do software Nutwin. No artigo 3 a quantidade de nutrientes na dieta habitual foi comparada com as Dietary Reference Intake (DRIs) para avaliação da inadequação de consumo. Foi considerado inadequado o consumo abaixo da EAR (Estimated Average Requirement) e acima da UL (Tolerable Upper Intake Level). Os principais fármacos utilizados foram associados à inadequação de consumo dos nutrientes depletados pelos fármacos.Resultados : O artigo 1 mostrou alta prevalência de uso de medicamentos por idosos, sendo a diferença estatisticamente significativa entre os sexos. Os idosos entre 70 e 79 anos utilizam mais medicamentos do que as demais faixas etárias. O artigo 2 mostrou que os homens consomem mais proteínas, fibras, minerais e vitaminas. O consumo de carboidrato e cálcio aumentou e o consumo de zinco diminuiu conforme o avanço da idade. A prática de exercício físico elevou o consumo de calorias, magnésio, potássio e fósforo. Maior escolaridade e renda familiar elevaram o consumo de vitaminas do complexo B. O artigo 3 mostrou que AAS, hidroclorotiazida e inibidores das bombas de prótons são os fármacos que depletam maior número de nutrientes. Além disso, 97% dos usuários de Inibidores da HMG-CoA redutase possuem inadequação de consumo de vitamina E; dos usuários de diuréticos poupadores de potássio, 90,0% possui inadequação de consumo de magnésio; dos usuários de digoxina, 83,3% possui inadequação para o magnésio e 58,3% para cálcio e potássio. Entre os usuários de antiulcerosos antagonistas H2, 83,3% deles possui inadequação de consumo de folato. A análise da hidroclorotiazida, AAS e furosemida apontou respectivamente 83,2%, 82,1% e 80,0% de inadequação de consumo de potássio.Conclusões : O uso de medicamentos por idosos aumenta com a idade, sendo as mulheres são as maiores usuárias e entre elas há maior deficiência de nutrientes na alimentação diária. Os fármacos mais utilizados são também os mais envolvidos em interações farmacológicas e responsáveis pela depleção de micronutrientes que mostraram alta prevalência de inadequação de consumo por idosos.
Background : Physiological changes related to aging leads to nutritional deficiencies that may be aggravated by inadequate intake of nutrients in the diet and polypharmacy.Objectives : The paper 1 had the objective of analyzing the potential pharmacological interactions among drugs taken by elderly patients. The paper 2 aimed to determine the profile of nutrients consumption and the paper 3 proposed to associate the inadequate intake with nutrient depletion caused by drugs.Methods : A cross-sectional observational population based study was performed by the Institute of Geriatrics and Gerontology (IGG), PUCRS. We retrospectively analyzed the database provided by IGG composed of 512 elderly persons and epidemiologic indicators. In paper 1, drugs were classified using the Anatomical Therapeutic and Chemical Classification System (ATC). Drug-durg interactions and their severity were assessed using the software Micromedex® Healthcare Series. In the paper 2 dietary intake was assessed by the 24-hour food recall Survey and the Research Dietetic History. Nutritional composition of daily diet was calculated using the Nutwin software. In the paper 3 the amount of nutrients intake in daily diet was compared to Dietary Reference Intake (DRIs) for inadequate consumption analyses and it was considered inadequate values below the EAR (Estimated Average Requirement) and above the UL (tolerable Upper Intake Level). Drugs used were associated with inadequate intake nutrients depleted by such drugs.Results : Paper 1 showed a high prevalence of use of drugs by elderly with significant statistical difference between genders. Age group between 70 and 79 years old use more drugs than others. Paper 2 showed that men consumed more calories, protein, fiber, minerals and vitamins. Carbohydrate and calcium intake increase with advancing age, as well decreases zinc intake. Physical exercise has increased intake of calorie, magnesium, potassium and phosphorus. The higher education and family income increased intake of vitamins B complex. Paper 3 pointed that acetylsalicylic acid, hydrochlorothiazide and proton pump inhibitors are responsible for the most number of nutrients depletion. Furthermore, 97% of users of hypolipidemic enzyme inhibitor hydroxymethyl-glutaryl coenzyme A reductase have inadequate intake of vitamin E, 90% of potassium-sparing diuretic users have inadequate intake of magnesium, 83. 3% of digoxin users have inadequate consumption of magnesium and 58. 3% of inadequate for calcium and potassium; People that has used anti-ulcers H2 antagonists have 83. 3% of inadequate of folate consumption. The analyses of hidroclorothiazide, acetylsalicylic acid and furosemide pointed 83. 2%, 82. 1% and 80% of respectively inadequate intake of potassium.Conclusions : The number of drugs used by elderly increases with age. Women are the largest users of drugs, as well as pointed higher number of nutrient deficiencies in daily diet. Drugs most commonly used are also involved in drug interactions and responsible for depletion of several micronutrients that showed a high prevalence of inadequate intake by elderly.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3668
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000445300-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo595,75 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.