Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/3778
Type: doctoralThesis
Title: Em busca de um lugar ao sol: anseios políticos no contexto da imigração e da colonização alemã (Rio Grande do Sul - Século XIX)
Author(s): Witt, Marcos Antônio
Advisor: Gertz, René Ernaini
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em História
Issue Date: 2008
Keywords: RIO GRANDE DO SUL - HISTÓRIA POLÍTICA
COLONIZAÇÃO ALEMÃ - RIO GRANDE DO SUL
IMIGRANTES ALEMÃES - RIO GRANDE DO SUL
Abstract: Este trabalho tem como objetivo principal analisar a forma pela qual os imigrantes alemães e seus descendentes se organizaram para se aproximar e participar da política no Rio Grande do Sul do século XIX. A pesquisa e posterior escrita da Tese ficaram centradas nos colonos alemães “exponenciais”, verificando-se quais foram os meios utilizados por esse grupo para chegar à política e ocupar espaços teoricamente não-destinados a eles. Quanto às categorias de espaço e tempo, a definição desses recortes esteve vinculada à circulação dos agentes históricos pesquisados. Com isso, houve a necessidade de se delimitar uma área que foi chamada de mega-espaço São Leopoldo-Litoral Norte do Rio Grande do Sul (SLLNRS), por onde as parentelas Diefenthäler e Voges estabeleceram vínculos de parentesco, amizade e negócio. No que se refere à cronologia, a chegada dos imigrantes alemães ao Rio Grande do Sul, em 1824, e a virada política da República, em 1889, serviram de marcos definidores para o recorte temporal. Para se realizar tal pesquisa, buscou-se metodologia que abrangesse um “estudo de caso”, o qual descortinou um mundo extremamente dinâmico no que se refere à busca pela participação política. Ainda sobre o desenvolvimento do trabalho, buscou-se vinculálo com a “nova” história política, a fim de analisar as relações entre um grupo de colonos alemães conceituados de “exponenciais” e as pequenas e médias chefias locais da sociedade hospedeira.
The present theses aims at analyzing the way German immigrants and their descendants got organized in order to participate in the political scene of Rio Grande do Sul in the 19th century. The research focuses on the so called “exponential” peasants of German background, in an attempt to identify which means they used to enter politics and be assigned positions that were not meant to be theirs. Concerning the space and time categories, the definition of such information is connected to the circulation of the historical agents present in the research. Therefore, it was necessary to establish a certain area, which was called mega-space São Leopoldo- Rio Grande do Sul North Shore (SL-LNRS), where the families Diefenthäler and Voges made business, made friends and formed family bonds. Regarding chronology, the defining dates were the German immigrants’ arrival in Rio Grande do Sul in 1824 and the Republic political turn in 1889. The methodology used to achieve the research objectives needed to be one of “case study”, which unveiled an extremely dynamic world regarding the search for political participation. There was also a concern to link the present work to the “new” political history, so it would be possible to analyze the relations between a group of German peasants called “exponential” and the small and medium local leaderships of the hosting society.
URI: http://hdl.handle.net/10923/3778
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000397526-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo6,96 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.