Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/4258
Tipo: doctoralThesis
Título: Leituras radicais: uma experiência construtivista para a leitura literária
Autor(es): Venturella, Valéria Moura
Orientador: Amodeo, Maria Tereza
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Fecha de Publicación: 2010
Palabras clave: EDUCAÇÃO
CONSTRUTIVISMO
LEITURA
LITERATURA - ENSINO
LINGUAGEM
Resumen: Este trabalho objetiva investigar os fundamentos do pensamento construtivista radical (GLASERSFELD, 1996) e suas repercussões nas concepções de conhecimento, de linguagem e de leitura, bem como na educação. Após o estabelecimento dessa base teórica, o trabalho busca fundar pressupostos para uma abordagem construtivista radical para a leitura literária em sala de aula e realizar uma experiência prática inspirada nesses pressupostos. A investigação qualitativa realizada segundo Maturana (2001) consiste em um estudo de caso exploratório (YIN, 2001) – um programa de leitura de contos segundo os princípios construtivistas radicais – com dados coletados através de entrevistas semiestruturadas com os participantes, realizadas antes do início e após o final do programa, de autoavaliações também realizadas pelos participantes e de notas de campo resultantes da observação participante da pesquisadora e também coordenadora do programa. Os dados, interpretados através de análise de conteudo (MORAES, 2003), sugerem que a realização de uma abordagem construtivista radical para o processo de leitura literária em sala de aula envolve a apropriação do texto e a interpretação ativa pelo leitor, o compartilhamento do texto e do mundo e a compreensão do outro, bem como a responsabilização pelo mundo experiencial e por sua mudança.
This study aims at investigating the fundamental ideas of radical constructivism (GLASERSFELD, 1996) and its repercussions on the conceptions of knowledge, language and reading, as well as on education. After establishing this theoretical basis, the study attempts to found the presuppositions for a radical constructivist approach for the literary reading in the classroom. The qualitative investigation performed according to Maturana (2001) constitutes an exploratory case study (YIN, 2001) – a program for reading short stories developed according to radical constructivist principles – with data collected through semi-structured interviews with the participants, performed before the beginning and after the end of the program, self-evaluations done by the participants and field notes form the participant observation performed by the researcher and also coordinator of the program. The data, interpreted through content analysis (MORAES, 2003), suggest that a radical constructivist approach for the literary reading process in the classroom involves text appropriation and active interpretation by the reader, the sharing of the text and of the world and the understanding of others, as well as the responsibilization for the experiential world and for its change.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4258
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000424468-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo848,4 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.