Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4390
Tipo: doctoralThesis
Título: Avaliação do sistema de informação em saúde do idoso na estratégia saúde da família
Autor(es): Dutra, Michel Machado
Orientador: Figueiredo, Carlos Eduardo Poli de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Data de Publicação: 2010
Palavras-chave: MEDICINA
SERVIÇOS DE SAÚDE PARA IDOSOS
PROMOÇÃO DA SAÚDE
SAÚDE DA FAMÍLIA
SAÚDE PÚBLICA
Resumo: The Elderly Health Information System (IS) was conceived to enable the planning of health promotion activities and prevention of chronic diseases in frail elderly people, who were served by the Family Health Strategy (FHS) of Brazilian Unified Health System (SUS). The IS electronic tools allow the identification of frail elderly people within the community and the development of a Health Promotion Program, as well as protocols of individual care. This thesis presents two studies that assess the IS. In the first one, it was evaluated the prediction tool related to the instrument “Prediction of Repeated Hospital Admissions” (PRA) to identify the frail elderly in the FHS, from the usage of PRA by the Community Health Workers (CHW) and the measure of hospital admissions occurred on the population basis study. Through PRA tool, it was possible identify that 7% of elderly population - in Progresso city, state of Rio Grande do Sul, Brazil – presented higher risk of hospitalization in six months. During this process, this group was admitted 6,5 times more than other one classified in low risk. In the second paper, the Health Promotion Program effects were evaluated in the frail elderly inside of FHS, through a Community-based randomized clinical trial, in which the intervention group was submitted to the individual care protocol applied by the CHW. The participants that received the intervention demonstrated a functional decline reduction in their basic daily routine activities performance. The results of these studies proved the effectiveness of care management tools used to treat elderly people which were available through the IS to be used by FHS group. These tools also might be used by the town and state managers of SUS, whereas they enabled the building of actions through local plans, facing inherent difficulties related to the complexity of elderly’s health.
O Sistema de Informação em Saúde do Idoso (SI) foi concebido com o objetivo de possibilitar o planejamento de atividades de promoção à saúde e prevenção de doenças crônicas com ênfase na pessoa idosa frágil atendida pela Estratégia Saúde da Família (ESF) do Sistema Único de Saúde do Brasil (SUS). As ferramentas eletrônicas do SI permitem a identificação dos idosos frágeis na comunidade e a elaboração de um Programa de Promoção à Saúde, além de protocolos individuais de cuidados. Esta tese constitui a apresentação de dois estudos que avaliaram o SI. No primeiro, avaliou-se a efetividade do instrumento de predição de risco de admissão hospitalar repetida (PRA) na identificação de idosos frágeis adscritos à ESF, a partir da utilização do PRA pelos Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e a aferição das internações em idosos ocorridas no estudo de base populacional. Através do instrumento PRA, identificou-se que 7% da população idosa da cidade de Progresso/RS apresentou risco alto para hospitalização em seis meses. Durante o seguimento, esse grupo internou 6,5 vezes mais do que aquele classificado de risco baixo. No segundo, foram avaliados os efeitos do Programa de Promoção à Saúde em idosos frágeis na ESF, através de um ensaio clínico comunitário randomizado, no qual o grupo de intervenção foi submetido ao protocolo individual de cuidados aplicado pelos ACS. O grupo dos participantes que recebeu a intervenção demonstrou a redução do declínio funcional no desempenho das atividades básicas da vida diária. Os resultados dos estudos demonstraram a efetividade das ferramentas de gerenciamento do cuidado da pessoa idosa disponibilizadas pelo SI para uso pela equipe da ESF. Da mesma forma, estas poderão ser utilizadas pelos gestores municipais e estaduais do SUS, uma vez que, podem possibilitar a construção de planos locais de ações para enfrentamento das dificuldades inerentes à complexidade de saúde da pessoa idosa.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4390
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000430149-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,79 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.