Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4451
Tipo: masterThesis
Título: A utilização do cateter central de inserção periférica no ambiente hospitalar
Autor(es): Baiocco, Graziella Gasparotto
Orientador: Silva, Jefferson Luis Braga da
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Data de Publicação: 2009
Palavras-chave: MEDICINA
ENFERMAGEM
CATETERISMO PERIFÉRICO
INFUSÕES INTRAVENOSAS
Resumo: The Peripherally Inserted Central Catheter (PICC) is increasing at the hospital range due to the positive results obtained. The present study aimed to analyze the historical of its usage in adult patients and in hospital environment inmates since its implementation in 2000 until 2007. The study had an historical cohort approach with a retrospective data collection, by searching in prompt-books and follow-up reports from the Grupo de Cateteres da Associação Hospitalar Moinhos de Vento, in Porto Alegre, RS, and has occurred in February, March and April, 2009. The sample analyzed added up to 229 catheters inserted during this period. We noticed an increase curve in the usage of PICC: in 2000 there was only one inserted; in 2004, 39 were inserted; and in 2007 there were 57 catheters inserted. The age bracket involving patients using PICC concentrated in the 70-79 years old gap, with 61 inserted and male patients dominated in the sampling with 162.Considering information concerning the pathologies, the biggest incidence was checked in a group composed of patients with anemia, marrow aplasia, leukemia, HIV, and lymphoma, representing 17,9% (n=41). In relation to the indications of the PICC usage, the antibiotic therapy characterization dominated, appearing in 54,1% (n=124) of the sampling. Regarding the information to the radiological verification of PICC, vena cava manifested its prevalence among the researched and it was noticed in 68,1% (n=156) of the patients. In concern of the motivations which lead to the removal of the catheter, prevailed the removal by means of the patient discharge, occurring in 52,4% (n=120) of the sampling. We realized that the PICC usage at the hospital environment is expanding and that nursing has a fundamental role in inserting, maintenance and removing PICC. It’s a gained room and it must be sustained through the promising results of this device.
O Cateter Central de Inserção Periférica (CCIP) está em expansão no ambiente hospitalar devido ao resultado positivo durante a sua utilização. O presente estudo objetivou analisar o histórico da utilização do CCIP em paciente adultos e internados no ambiente hospitalar desde a sua implantação na instituição no ano 2000 até o ano de 2007. O estudo teve uma abordagem de coorte histórica com coleta de dados retrospectiva através de busca em prontuários e fichas de acompanhamento do Grupo de Cateteres da Associação Hospitalar Moinhos de Vento em Porto Alegre, RS, e ocorreu nos meses de fevereiro, março e abril de 2009. A amostra estudada totalizou 229 cateteres inseridos no período proposto. Pôde-se perceber uma curva de crescimento na utilização do CCIP que no ano de 2000 teve apenas um cateter inserido, no ano 2004 totalizou 39 cateteres e no ano 2007 apresentou a inserção de 57 cateteres. A faixa etária dos pacientes que utilizaram o CCIP concentrou-se entre os 70-79 anos com 61 cateteres inseridos, e o sexo masculino predominou na amostra estudada com 162 pacientes. Nas informações referentes às doenças, a maior ocorrência se mostrou no grupo formado por pacientes com anemia, aplasia da medula, leucemia, HIV e linfoma, representando 17,9% (n=41). Em relação às indicações ao uso do CCIP predominou a caracterização antibioticoterapia, que se fez presente em 54,1% (n=124) da amostra. No que diz respeito às informações para a confirmação radiológica do CCIP, a veia cava se mostrou prevalente entre os investigados e foi observada em 68,1% (n=156) dos pacientes. Quanto aos motivos que levaram à retirada do cateter, prevaleceu a retirada mediante a alta do paciente, o que ocorreu em 52,4% (n=120) da amostra. Percebeu-se que a utilização do CCIP no ambiente hospitalar está em expansão e que a enfermagem tem papel fundamental, na inserção, manutenção e remoção do CCIP; é um espaço conquistado e que deverá ser mantido através dos resultados promissores deste dispositivo.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4451
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000422498-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,36 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.