Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/4465
Type: masterThesis
Title: Efeito da modificação do estilo de vida sobre a qualidade da dieta em indivíduos com síndrome metabólica
Author(s): Piovesan, Carla Haas
Advisor: Bodanese, Luiz Carlos
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Issue Date: 2010
Keywords: MEDICINA
DIETOTERAPIA
SÍNDROME METABÓLICA
ATIVIDADES MOTORAS
ÁCIDOS GRAXOS ÔMEGA-3
QUALIDADE DE VIDA
Abstract: Introduction: Metabolic Syndrome (MS) is a complex disorder represented by a set of cardiovascular risk factors, usually associated with central deposition of fat and insulin resistance that increase the chances of mortality due to general or cardiovascular causes. Risk factors present in MS are directly associated with eating habits and physical activity. Lifestyle changes (LIC) that prioritize the adoption of a balanced eating plan and regular physical activity are first-choice therapies for the treatment of this clinical condition. Objective: To evaluate the effect of a change in lifestyle, on the diet quality and total energetic value (TEV) in individuals with MS. Method: Single-blind, placebo-controlled, randomized clinical trial. All participants underwent a nutritional intervention as recommended the 1st Brazilian Guidelines on Diagnosis and Treatment of Metabolic Syndrome. Volunteers were randomly allocated in four groups: nutritional intervention + placebo (IN), nutritional intervention + fatty acids omega-3 supplement (fish oil 3g/day) (INS3), nutritional intervention + physical activity + placebo (INE), nutritional intervention + physical activity + fatty acids omega-3 supplement (INES3). Data was summarized by frequency percentage, mean and standard deviation. One-way ANOVA was used to compare the effect of different interventions over the diet quality, as well as the effect of changes among Healthy Eating Index Adapted components. For associations Pearson's linear correlation coefficient and multiple linear regression were used. The significance level was set at p < 0. 05 (bicaudal). Results: 67 individuals were followed. Mean age was 51 + 6 years old, and they were made up of 68. 6% women. The amount of individuals classified as on an Inappropriate Diet was six times smaller at the end of the monitoring. The amount of individuals classified as on an Appropriate Diet was four times increased, and the percentage of diets classified as Diet that Needs Change was reduced in 25% when compared to the beginning of the study, all that was significant results. The appropriateness of Vegetables intake was inversely associated with abdominal circumference, as well as the appropriateness of sodium intake was inversely associated with fasting serum insulin intake. LIC with nutritional intervention model here in results showed a significant body weight, BMI, AC, fasting insulin and glycemia, plasma triglycerides and systolic blood pressure reduction. Conclusion: Lifestyle changes over a three month period have demonstrated to be an effective way to improve diet quality. Important associations between diet quality and studied variables emphasize the importance of nutritional intervention in individuals with MS.
Introdução: A Síndrome Metabólica (SM) é um transtorno complexo representado por um conjunto de fatores de risco cardiovascular, relacionados à deposição central de gordura e à resistência à insulina, que potencializam as chances de mortalidade geral e por causas cardiovasculares. Estes fatores de risco estão diretamente relacionados à alimentação e atividade física. Mudanças do estilo de vida que priorizem adoção de um plano alimentar equilibrado e prática regular de atividade física devem ser priorizadas no tratamento desta condição clínica. Objetivo: Avaliar o efeito da modificação do estilo de vida sobre a qualidade da dieta e o valor energético total ingerido (VET) em indivíduos com SM. Método: Ensaio clínico randomizado, cegado com uso de placebo. Todos os participantes foram submetidos à intervenção nutricional, conforme preconiza a I Diretriz Brasileira de Diagnóstico e Tratamento da SM. Para avaliação da qualidade da dieta foi utilizado o instrumento Healthy Eating Index adaptado para a população brasileira. Os voluntários foram alocados aleatoriamente em quatro grupos: intervenção nutricional + placebo (IN), intervenção nutricional + suplementação de ácidos graxos ômega-3 (3g/dia de óleo de peixe) (INS3), intervenção nutricional + atividade física + placebo (INE); intervenção nutricional + atividade física + suplemento de ácidos graxos ômega-3 (INES3). Os dados foram sumarizados em freqüência, porcentagem, média e desvio padrão. ANOVA de uma via foi utilizada para comparar o efeito das diferentes intervenções sobre a qualidade da dieta, o VET, e o efeito das mudanças entre os componentes do IQD. Para associações utilizou-se o coeficiente de correlação linear de Pearson e a regressão linear múltipla. Adotou-se o nível de significância 8 de α<0,05. Resultados: Foram acompanhados 67 indivíduos.A população estudada tinha em média 51 + 6 anos e era composta de 68,6% de mulheres. A quantidade de indivíduos com classificação de Dieta Inadequada reduziu em seis vezes após intervenção. A quantidade de indivíduos com classificação de Dieta Adequada aumentou em quatro vezes, e o percentual de classificação de Dieta que Necessita Modificação reduziu 25% em comparação ao início do estudo, todos estes resultados apresentaram-se significativos. Houve melhora significativa no consumo nos componentes Verduras e Legumes; Frutas, Gordura Total e Saturada, Sódio e Variedade da Dieta. Verificou-se associação inversa entre a adequação no consumo de Verduras e Legumes e circunferência abdominal, assim como entre a adequação no consumo de sódio e a insulina sérica de jejum. O modelo de MEV com intervenção nutricional resultou em redução significativa no peso corporal, IMC, CA, glicemia e insulinemia de jejum, triglicerídeos plasmáticos e pressão arterial sistólica. Conclusão: A modificação do estilo de vida, com intervenção nutricional durante três meses demonstrou ser eficiente na melhora da qualidade da dieta. Associações importantes entre a qualidade da dieta e as variáveis estudadas reforçam a importância da intervenção nutricional na SM.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4465
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000424193-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial165,78 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.