Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/4469
Registro completo de metadatos
Campo DCValorIdioma
dc.contributor.advisorFigueiredo, Carlos Eduardo Poli deen_US
dc.contributor.advisorCosta, Bartira Ercília Pinheiro daen_US
dc.contributor.authorConceição, Ioná Rosine Scolarien_US
dc.date.accessioned2013-08-07T19:04:52Z-
dc.date.available2013-08-07T19:04:52Z-
dc.date.issued2007pt_BR
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/10923/4469-
dc.description.abstractL-arginine is the precursor of nitric oxide - a potent endogenous vasodilator. This amino acid is transported via two membrane transport systems: y+ and y+L. Total L-arginine erythrocyte maximal capacity is increased in preeclampsia syndrome, especially in hypertensive patients with superimposed preeclampsia. The hypothesis of the present study is that erythrocyte L-arginine transport is associated with hypertension. The aim was to evaluate the activity of y+ and y+L erythrocyte membrane transport systems of L-arginine, in normotensive and hypertensive women, and women with and without the hypertensive disorders of pregnancy. Sample was composed by 137 women divided into followed groups: 39 with preeclampsia (PE), 8 with superimposed preeclampsia (SPE), 14 with gestational hypertension (GH), 10 with chronic hypertension (CH), 28 pregnant controls (CP), 20 non-pregnant hypertensive (HAS) and 18 non-pregnant normotensive women (N). L-arginine erythrocyte uptake was measured using 14C as a marker, and N-ethylmaleimide as y+ transport system inhibitor to obtain the function of two transport systems separately. The results were submitted to Michaelis-Menten equation to determine the maximal capacity of transport (Vmax) and half saturation constant (km). Results showed no alteration in total and y+L Vmax. The maximal capacity of transport via y+ system was lower in PE, GH and CP in comparision with normotensive non-pregnant. Half saturation constant (km) had no difference between groups.en_US
dc.description.abstractA L-arginina é o aminoácido precursor da síntese de óxido nítrico - um potente vasodilatador endógeno. Este aminoácido é transportado através da membrana celular por dois sistemas de transporte: y+ e y+L. A capacidade máxima de transporte eritrocitário total da L-arginina está aumentada na síndrome de préeclâmpsia (SPE), especialmente em pacientes previamente hipertensas com PE. A hipótese do presente estudo é que o aumento do transporte de L-arginina possa estar associado à hipertensão. O objetivo foi avaliar a atividade dos transportadores da L-arginina – sistemas y+ e y+L - em eritrócitos de mulheres normotensas e hipertensas, gestantes controle e portadoras de distúrbios hipertensivos da gestação.A amostra foi composta por 137 mulheres divididas nos seguintes grupos: 39 com pré-eclâmpsia (PE), 8 com pré-eclâmpsia sobreposta à hipertensão crônica (PES), 14 com hipertensão gestacional (HG), 10 gestantes com hipertensão crônica (HC), 28 gestantes controle (GN), 20 mulheres não-gestantes hipertensas (NG/HAS) e 18 normotensas (NG/N). O influxo eritrocitário de L-arginina foi mensurado usando 14C como marcador e N-etilmaleimida como inibidor do sistema de transporte y+ para obter a função dos dois sistemas em separado. Os resultados foram submetidos à equação cinética de Michaelis-Menten para determinar a capacidade máxima de transporte (Vmax) e a constante de meiasaturação (km). Os resultados mostraram que não houve alteração no Vmax - do influxo total e do sistema y+L. Os grupos PE, HG e GN apresentam a capacidade máxima de transporte pelo sistema y+ menor que NG/N. A constante de meia saturação (km) não foi diferente entre os grupos.pt_BR
dc.language.isoPortuguêspt_BR
dc.publisherPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.subjectMEDICINApt_BR
dc.subjectHIPERTENSÃO ARTERIALpt_BR
dc.subjectCOMPLICAÇÕES NA GRAVIDEZpt_BR
dc.subjectARGININApt_BR
dc.titleTransporte eritrocitário da L-arginina pelos sistemas y+ e y+L na hipertensão arterial sistêmica, gestação normal e com distúrbios hipertensivos gestacionaispt_BR
dc.typedoctoralThesispt_BR
dc.degree.grantorPontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sulpt_BR
dc.degree.departmentFaculdade de Medicinapt_BR
dc.degree.programPrograma de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúdept_BR
dc.degree.levelDoutoradopt_BR
dc.degree.date2007pt_BR
dc.publisher.placePorto Alegrept_BR
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000391276-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo684,13 kBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.