Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/4595
Tipo: masterThesis
Título: Avaliação da associação entre níveis de omentina sérica e doença arterial coronariana em pacientes com síndrome metabólica
Autor(es): Furtado, Janara
Orientador: Bodanese, Luiz Carlos
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Medicina e Ciências da Saúde
Fecha de Publicación: 2013
Palabras clave: MEDICINA
DOENÇA DA ARTÉRIA CORONARIANA
SÍNDROME METABÓLICA
OBESIDADE
CARDIOLOGIA
Resumen: Background: Visceral obesity is associated with increased risk of cardiovascular disease when compared to peripheral obesity. Omentin, an adipokine produced in the visceral adipose tissue, is related to components of metabolic syndrome (MetS) and may be related to coronary artery disease (CAD)Objective: To evaluate the association between serum levels of omentin and CAD in patients with MetS. Design and Methods: Serum levels of omentin were measured in 75 patients with MetS in a case-control study nested in a cross-sectional study. Thirty-six patients had CAD, whereas 39 patients did not have this disorder. Results: Serum levels of omentin were lower in patients with CAD than in those without the disease, 293. 03 ng/mL (± 121. 44) and 224. 56 ng/mL (± 97. 75), respectively (P = 0009). Serum levels of omentin were divided into 4 percentile groups. The highest percentile of omentin (Q4) had a lower proportion of CAD when compared to the lowest percentile (Q1). Such proportion did not change after adjusting for age, sex, HDL, type 2 diabetes, and diastolic blood pressure (OR: 0. 13, CI: 0. 02-0. 84, P = 0. 032).Conclusions: In patients with MetS, there is reduced omentin in the group with CAD, and this relationship seems to be inversely proportional to omentin levels.
Introdução: Obesidade visceral está associada a maior risco de doença cardiovascular, quando comparada à obesidade periférica. A omentina é uma adipocina produzida no tecido adiposo visceral e está relacionada a fatores da Síndrome Metabólica (SM); e pode também estar relacionada à doença arterial coronariana (DAC).Objetivo: Avaliar a associação entre os níveis de omentina sérica e doença arterial coronariana em pacientes com Síndrome Metabólica.Métodos: A omentina sérica foi avaliada em 75 pacientes com SM em estudo caso controle aninhado em um estudo transversal. Trinta e seis pacientes com doença arterial coronariana estabelecida e 39 pacientes sem doença. Resultados: Os níveis séricos de omentina foram menores em pacientes com doença arterial coronariana do que naqueles sem doença, 293,03 ng/mL (±121,44) e 224,56 ng/mL (±97,75), respectivamente (P= 0. 009). Níveis de omentina foram divididos em 4 grupos de percentis, e o maior percentil de omentina (Q4) teve menor proporção de DAC do que o menor percentil (Q1), mesmo quando ajustados para idade e sexo, HDL, DM2 e PAD (OR:0,13, IC:0,02 a 0,84 ;P:0,032).Conclusão: Em pacientes com SM, a omentina está diminuída no grupo com DAC, e essa relação parece estar inversamente proporcional aos níveis de omentina.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4595
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000447907-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,3 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.