Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/4677
Tipo: masterThesis
Título: Estudo sobre cárie, maturação e mineralização dentária em escolares nascidos prematuros com peso ≤ 1750g
Autor(es): Ribeiro, Nilza Margarete Eder
Orientador: Fiori, Renato Machado
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança
Fecha de Publicación: 2010
Palabras clave: MEDICINA
PEDIATRIA
PREMATUROS
RECÉM-NASCIDO DE BAIXO PESO
CRIANÇAS
CÁRIE DENTÁRIA
DENTES - ESMALTE
RADIOGRAFIA PANORÂMICA
CALCIFICAÇÃO FISIOLÓGICA
Resumen: Objetivo: Avaliar a associação entre prematuridade e cárie dentária, defeitos de esmalte, atrasos na maturação de dentes permanentes e alterações da mineralização do osso mandibular. Método: Foram realizados exame clínico odontológico e radiografia panorâmica em crianças com idade entre 7 e 10 anos, nascidos com idade gestacional <37 semanas e peso ≤ 1750g e comparados com um grupo de nascidos a termo com a mesma idade. Foi avaliado o número de dentes cariados, perdidos e obturados (CPOD), o índice de desenvolvimento de defeitos do esmalte (índice DDE), a maturação dentária pelo método Nolla e a mineralização do osso mandibular pelos índices radiomorfométricos. Resultados: Foram examinadas 31 crianças prematuras e 35 controles. O CPOD do grupo de pré-termos foi de 0,6±0,9 e o do grupo controle de 0,5±0,9 (p=0,59). O índice DDE de cada grupo foi, respectivamente, 5,2±3,3 e 3,9±3,2 (p=0,93). O Escore de Nolla do grupo de prematuros foi 57,2±3,2 e dos controles, 57,9±3,3 (p= 0,38). Os índices radiomorfométricos foram semelhantes em ambos os grupos. Conclusão: Não foi evidenciada associação entre prematuridade e cárie, defeitos de esmalte, atrasos na maturação nos dentes permanentes e na mineralização do osso mandibular.
Objective: To evaluate the association among prematurity and caries, enamel defects, delay in maturation of permanent teeth and alterations of the mineralization of the mandibular bone. Method: Dental examinations and panoramic radiography were performed in children with 7 to 10 years age, born with gestational age <37 weeks and birth weight < 1750g and compared with a group of term infants. The number of decayed, missing and filled teeth (DMFT) and Developmental Defects of Enamel (DDEindex) were evaluated, the dental maturation was determined by the Nolla method and the mineralization of the mandibular bone through the panoramic radiomorphometric indices. Results: 31 premature children and 35 controls were examined. DMFT of the preterms group was 0. 6±0. 9 and the control group was 0. 5±0. 9 (p=0. 59). The DDEindex of each group was 5. 2±3. 3 and 3. 9±3. 2, respectively (p=0. 93). The Nolla score of the group of premature was 57. 2±3. 2 and of the controls, 57. 9±3. 3 (p = 0. 38). The radiomorphometric indices were similar in both groups. Conclusion: In the study, it was not observed association among prematurity and caries, enamel defects, delay in the maturation of the permanent teeth and mineralization of the jaw.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4677
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000425500-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,09 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.