Por favor, use este identificador para citar o enlazar este ítem: http://hdl.handle.net/10923/4687
Tipo: masterThesis
Título: Medida da resistência das vias aéreas pela técnica do interruptor em crianças nascidas prematuramente
Autor(es): Salomão, Sandra Cristina
Orientador: Jones, Marcus Herbert
Editor: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Pediatria e Saúde da Criança
Fecha de Publicación: 2011
Palabras clave: MEDICINA
SISTEMA RESPIRATÓRIO
PULMÕES - DOENÇAS
PREMATUROS
CRIANÇAS
TESTES DE FUNÇÃO RESPIRATÓRIA
Resumen: OBJECTIVE : To evaluate the airway resistance by interrupter technique (Rint) in preschool children born prematurely. STUDY DESIGN : Cross-sectional study of cohort premature infants born between (2004-2005). Data collection was conducted from November 2008 and May 2010. Anthropometric measurements were performed on the test day. The Rint was measured with the device Microrint® using filter. Calibration was performed every 50 trials. Were carried out 10 interruptions to the flow air in the peak expiratory flow sequentially. At the end of the test were stored ten consecutive respiratory cycles and to check the acceptability of the examination format of the curves and the VC for reproducibility £ 20%. We used the median value of Rint. RESULTS : The Rint was measured in 33 (89%) preterm infants and compared with a control group of 32 children. The premature group had higher Rint (0. 91 kPa/L/s) versus the control group (0. 80 kPa/L/s) but not statistically significant (p= 0,832).CONCLUSION : The Rint is easily reproducible in preschool children, but a tool is not sensitive enough to identify obstruction in patients with a history of prematurity in relation to the group of healthy children.
OBJETIVO : Avaliar a resistência das vias aéreas pela técnica do interruptor (Rint) em crianças pré-escolares nascidas prematuramente. METODOLOGIA : Estudo transversal de uma coorte de prematuros nascidos entre 2004-2005 no Hospital São Lucas da PUCRS. A coleta foi realizada entre novembro de 2008 até maio de 2010. Foram realizadas medidas antropométricas no dia do teste. A Rint foi mensurada com o aparelho MicroRint®, com uso do filtro. A calibração foi executada a cada 50 medidas. Foram realizadas dez interrupções ao fluxo de ar no pico de fluxo da expiração de forma seqüencial. No final do teste eram armazenados dez ciclos respiratórios consecutivos. Para a aceitabilidade do exame verificamos o formato das curvas e para a reprodutibilidade o CV £ 20%. Foi utilizado o valor da mediana da Rint. RESULTADOS : A Rint foi mensurada em 33 (89%) crianças prematuras e comparada com um grupo controle de 32 crianças. O grupo de prematuros apresentou Rint elevada (0,91 kPa/L/s) contra o grupo controle (0,80 kPa/L/s), porém sem diferença estatisticamente significativa (p= 0,832).CONCLUSÃO : A Rint é facilmente reprodutível em crianças com idade préescolar, porém não é uma ferramenta sensível o suficiente para identificar obstrução em pacientes com história de prematuridade em relação ao grupo de crianças saudáveis.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4687
Aparece en las colecciones:Dissertação e Tese

Ficheros en este ítem:
Fichero Descripción TamañoFormato 
000435769-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo3,29 MBAdobe PDFAbrir
Ver


Todos los ítems en el Repositorio de la PUCRS están protegidos por derechos de autor, con todos los derechos reservados, y están bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 4.0 Internacional. Sepa más.