Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/4799
Type: masterThesis
Title: Avaliação neuropsicológica em crianças vítimas de maus-tratos
Author(s): Dertelmann, Cibila de Fátima Vieira
Advisor: Kristensen, Christian Haag
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Issue Date: 2011
Keywords: PSICOLOGIA
NEUROPSICOLOGIA
VIOLÊNCIA SEXUAL - CRIANÇAS
DESENVOLVIMENTO INFANTIL
Abstract: Maus-tratos contra crianças é um grave problema de saúde pública, amplamente conhecido pelo seu impacto no desenvolvimento físico, social, emocional, comportamental e cognitivo. Esta dissertação investigou a associação entre maus-tratos na infância e o desempenho em tarefas de funções executivas (FE) em dois estudos. O estudo teórico revisou, de forma sistemática, publicações contendo dados empíricos sobre o desempenho cognitivo em tarefas e/ou em testes neuropsicológicos relacionados às FE em crianças vítimas de maus-tratos. O estudo empírico investigou a presença de sintomas internalizantes e externalizantes, bem como transtornos mentais (problemas afetivos, problemas de ansiedade, problemas somáticos, Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade, Transtorno Desafiante Opositor e Transtorno de Conduta) e o desempenho em tarefas de FE em um grupo de crianças, vítimas de maus-tratos, em comparação a um grupo controle, pareado por idade e sexo. Os achados sugerem que crianças vítimas de maus-tratos apresentam desempenho abaixo da média em tarefas que avaliam memória de trabalho e flexibilidade mental. Verificou-se ainda importante interação entre psicopatologia e FE, como demonstrado pela associação entre problemas externalizantes e tarefas neuropsicológicas de controle inibitório.
Child maltreatment is a major public health issue, widely known by it’s impact on physical, social, emotional, behavioral and cognitive development. This thesis investigated the association between child maltreatment and performance on tasks of executive functions (EF) in two studies. The theoretical study systematically reviewed publications that contained empirical data on cognitive tasks and/or neuropsychological tests related to EF in children victims of maltreatment. The empirical study investigated the presence of internalizing and externalizing symptoms, and psychopathological disorders (affective problems, anxiety problems, somatic problems, Attention Deficit Hyperactivity Disorder and, Opposition Defiant Disorder and Conduct Disorder) and performance on EF tasks in group of maltreated children in comparison to a control group matched by age and sex. The findings suggest that maltreated children perform below average on tasks assessing working memory and mental flexibility. Also, an important interaction between psychopathology and EF was found, as shown by the association between externalizing problems and neuropsychological tasks of inhibitory control.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4799
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000430150-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo824,73 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.