Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4858
Tipo: masterThesis
Título: Capacidade de controle emocional e impulsos agressivos em motoristas do transporte coletivo público envolvidos em acidentes de trânsito
Autor(es): Rodriguez, Sandra Yvonne Spiendler
Orientador: Macedo, Mônica Medeiros Kother
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Data de Publicação: 2009
Palavras-chave: PSICOLOGIA CLÍNICA
MOTORISTAS - PSICOLOGIA
PERSONALIDADE E PROFISSÃO
TRÂNSITO - ACIDENTES
Resumo: A presente Dissertação de Mestrado foi composta por dois estudos: um teórico e outro empírico. O estudo teórico é composto por uma revisão de literatura intitulada A contribuição da Psicanálise na compreensão dos acidentes de trânsito. Considerando a amplitude da temática e a rede de complexidade nela subjacente, a proposta deste estudo é fazer um recorte dos conceitos psicanalíticos que permitam uma compreensão mais ampla do comportamento dos motoristas que provocam acidentes. O eixo condutor envolve as contribuições da Psicanálise para a compreensão deste complexo fenômeno. Para tanto, nas especificidades do texto, destacam-se as considerações da teoria freudiana acerca do conceito de pulsão de morte e da sua manifestação através da compulsão à repetição. O segundo estudo, empírico, Controle emocional, impulsos agressivos e perfil de uma amostra de motoristas envolvidos em acidentes de trânsito no transporte coletivo de Porto Alegre, teve como objetivo explorar dois aspectos centrais da personalidade: o controle emocional e a agressividade dos motoristas, além de construir o perfil comum a essa amostra. Foi realizado com 178 sujeitos, de ambos os sexos, motoristas atuantes numa empresa de transporte público da cidade de Porto Alegre. Os participantes da pesquisa enquadraram-se nos seguintes critérios: envolveram-se entre 5 e 21 acidentes de qualquer tipo, computados entre o ano de 2003 e 2006; idade a partir de 25 anos e escolaridade mínima de Ensino Fundamental Completo. Foram utilizados dois instrumentos: Zulliger e Staxi, além de uma ficha de dados sociodemográficos elaborada para este estudo. Os resultados organizados no “SPSS for Windows” versão 11. 0 foram analisados a partir de técnicas de estatística descritiva e inferencial, a fim de avaliar as correlações possíveis.Os resultados demonstraram uma forte incidência de descontrole emocional e impulsos agressivos. Verificou-se que a variável sociodemográfica (álcool) e indicadores de níveis de raivas associam-se, podendo ser considerados possíveis preditores de acidentes de trânsito. Além disso, evidenciou-se uma correlação positiva entre os níveis de raiva direcionados à própria pessoa e as variáveis sociodemográficas (idade do sujeito e atividade de trabalho diário).
The present master thesis was comprised by two studies: a theoretical and an empirical one. The theoretical study, named “The contribution of Psychoanalysis to the understanding of traffic accidents”, was constituted by a literature review on the subject. Considering the comprehensiveness of this subject, as well as its underlying net of complexity, the aim of this first study was to focus on psychoanalytical concepts in order to allow for a broader understading of accident-provoquing drivers. The theoretical basis of this study takes into account Psychoanalysis contributions to the understanding of this complex phenomenon. To do so, the Freudian concept of pulse of death and its manifestation through compulsion to repletion are considered in the text. The empirical study, named “Emotional control, aggressive impulses and the profile of a sample of drivers involved in public transportation traffic accidents in the city of Porto Alegre”, aimed at exploring two central aspects of personality: the emotional control and the aggressiveness of drivers. Also, it aimed at describing the typical profile of this kind of subjects. 178 drivers participated in this second study. All of them worked in a public transportation company in Porto Alegre. Participants had to meet the following criteria before entering the study: 1) have been previously involved in 5-21 traffic accidents between the years of 2003 and 2006, 2) be over 25, and 3) have finished middle school. Two instruments were used: Zulliger and Staxi. A sociodemographic form was elaborated to the study and also used. Data were analyzed using SPSS for Windows version 11. 0. Descriptive analysis was used for data description; inferential analysis was used for correlation analysis. Results indicated a strong incidence of lack of emotional control and of aggressive impulses.An association between alcohol use and anger was found, what indicates these two factors may be considered predicting factors for traffic accidents. Moreover, a positive correlation between levels of anger towards him/herself and the sociodemographic variables of age and daily labor activity was also found.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4858
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000411144-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo332,51 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.