Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/4970
Tipo: masterThesis
Título: Comunicação em adultos com lesão vascular de hemisfério direito: dados clínicos com bateria breve, neuroimagem e implicações para reabilitação neuropsicológica comportamental
Autor(es): Oliveira, Camila Rosa de
Orientador: Fonseca, Rochele Paz
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Psicologia
Data de Publicação: 2012
Palavras-chave: PSICOLOGIA
PSICOLOGIA COGNITIVA
NEUROCOGNIÇÃO
ACIDENTE CEREBROVASCULAR
Resumo: As habilidades comunicativas frequentemente encontram-se alteradas em pacientes com lesão de hemisfério direito (LHD). Em função disso, esta dissertação, composta por quatro estudos, busca investigar o perfil de habilidades comunicativas e cognitivas pós-LHD e de caracterizar correlatos neurais de reorganização cerebral de um caso pós-LHD a partir de avaliação por ressonância magnética funcional (fMRI). Dessa forma, o Estudo 1 contou com 39 adultos com LHD e 39 controles saudáveis, avaliados pelo Instrumento de Avaliação Neuropsicológica Breve NEUPSILIN. O desempenho dos grupos foi comparado através de ANCOVA, assim como a frequência de déficits do grupo LHD foi calculada. O grupo com LHD apresentou pior desempenho em percepção visual, memória de reconhecimento, habilidades aritméticas e linguagem escrita. Há indícios de que recursos de avaliação neuropsicológica breve podem ser úteis para a formulação inicial de hipóteses diagnósticas do funcionamento cognitivo no quadro de LHD. O Estudo 2 contou com 50 adultos com LHD, 25 adultos com lesão em hemisfério esquerdo (LHE) (controle clínico) e 50 adultos neurologicamente preservados (controle saudável) examinados com a Bateria Montreal de Avaliação da Comunicação, versão abreviada. Na comparação entre grupos por One-way ANOVA, os adultos com LHD diferenciaram-se significativamente dos controles saudáveis em 89% das tarefas.Não foram observadas diferenças entre adultos com LHD e com LHE. Os resultados sugerem evidências de especialização (prosódia emocional e léxico-semântico) e cooperação hemisférica (discursivo e pragmático-inferencial). No Estudo 3 participaram um adulto com LHD (caso CR) e um controle saudável que foram avaliados por uma bateria neuropsicológica e por um protocolo de fluência verbal fonêmica e semântica em fMRI, com uma tarefa de evocação de meses (controle). CR demonstrou diferentes áreas de ativação em comparação ao controle saudável, sugerindo maior demanda de ativação bilateral para sua reorganização funcional. Esse estudo apresenta evidências iniciais de reorganização cerebral pós-LHD por infarto lacunar.
Communication abililities are often impaired in patients with right hemisphere damage (RBD). This dissertation investigates the profile of cognitive and communication processing following a RBD. In addition, it characterizes neural correlates of brain reorganization of RBD case by means of neuropsuchological assessment and functional magnetic resonance imaging (fMRI). Thus, the first study included 39 adults with RBD and 39 healthy controls, evaluated by the Brazilian Brief Neuropsychological Assessment Battery NEUPSILIN. The performance of the groups was compared by ANCOVA, as well as the frequency of deficits in LHD group was calculated. RBD group showed poorer performance on visual perception, recognition memory, arithmetic and written language processes. There is evidence that brief neuropsychological tools can be useful for the initial diagnostic hypotheses of cognitive functioning within the RBD. The second study included 50 adults with RBD, 25 adults with LBD (clinical control) and 50 healthy controls, examined by the Montreal Communication Evaluation Battery, abbreviated version. Adults with RBD showed an inferior performance compared to healthy controls in 89% of the tasks (one-way ANOVA). No differences were observed between adults with RBD and LBD.The results suggest evidence of hemispheric specialization (emotional prosody and lexical-semantic) and cooperation (discursive and pragmatic-inferential). The third study evaluated an adult with RBD (case CR) and a matched healthy control by means of a neuropsychological battery and an fMRI task of phonemic and semantic verbal fluency. CR showed different areas of activation in comparison to healthy control, suggesting an increased demand for bilateral activation towards a functional reorganization. This study presents initial evidence of brain reorganization after RBD for lacunar infarction.
URI: http://hdl.handle.net/10923/4970
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000440217-Texto+Parcial-0.pdfTexto Parcial675,89 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.