Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/503
Tipo: masterThesis
Título: Avaliação e comparação de instrumentos endodônticos rotatórios de NiTi antes e após o uso clínico
Autor(es): Weis, Adriano
Orientador: Mota, Eduardo Gonçalves
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Data de Publicação: 2010
Palavras-chave: ODONTOLOGIA
ENDODONTIA
MATERIAIS DENTÁRIOS
RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS (ODONTOLOGIA)
Resumo: The objective of this study was to evaluate and to compare rotatory instruments of NiTi before and after the clinical use. Twenty-four groups of rotatory instruments of NiTi of the ProTaper system (Dentsply-Maillefer, Ballaigues, Switzerland) were divided in two groups in a random way. The instruments of the group 1 (n=12) were stored for subsequent accomplishment of the mechanical tests. The instruments of the group 2 (n=12) were directed to a single endodontist, who used each group in the preparation of ten radicular canals. After the collection of the instruments, all the S1, S2 and F1 alloys from the two groups, were tested related to the resistance to the cyclical fatigue. For this test a simulator of curved canal of stainless steel was used with 1,5mm of internal diameter, angle of 90 degrees and ray of 6mm where the instruments were introduced with speed of 350 rotations per minute (RPM) until happening the fracture of the same ones. The passed time to the fracture happened was analyzed and transformed in RPM. The size of the fragments was also analyzed. The data were analyzed using the normality test of Kolmogorov-Smirnov at the level of significance of 1% and they were analyzed with ANOVA of two factors (RPM and size of the fragment), following by the Tukey test at the level of significance of 5%.The obtained results showed significant difference for the factor RPM (p=0. 008), but not significant for the factor of the fragment (p=0. 12). Average values of RPM were from 641 to the new instrument S1 (±127, 92); 476 to the used instrument S1 (± 182, 92); 545 to new instrument S2 (±66, 61); 504 to used instrument S2 (±150. 01); 453 to new instrument F1 (±53, 18) and 433 to used instrument F1 (±153, 43). The average values of the fragments (mm) recorded were 6, 41 (new S1); 7, 46 (used S1); 6, 95 (new S2); 7, 35 (used S2); 7, 30 (new F1) and 7, 09 (used F1). All the instruments were analyzed in a lateral view and in the fracture surface in electronic microscopy of scintiscan (EMS) to qualitative analysis of the fractured instruments.
O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar instrumentos rotatórios de NiTi antes e após o uso clínico. Vinte e quatro conjuntos de instrumentos rotatórios de NiTi do sistema ProTaper (Dentsply-Maillefer, Ballaigues, Suiça) foram divididos em dois grupos de forma aleatória. Os intrumentos do grupo 1 (n=12) foram armazenados para posterior realização dos testes mecânicos. Os intrumentos do grupo 2 (n=12) foram encaminhados para um único endodontista, o qual utilizou cada conjunto no preparo de dez canais radiculares. Após coleta dos instrumentos, todas as limas S1, S2 e F1 dos dois grupos, foram testadas quanto a sua resistência a fadiga cíclica. Para este teste foi utilizado um simulador de canal curvo de aço inoxidável com 1,5mm de diâmetro interno, ângulo de 90 graus e raio de 6mm onde os instrumentos foram introduzidos com velocidade de 350 rotações por minuto (RPM) até acorrer a fratura dos mesmos. O tempo transcorrido para que ocorresse a fratura foi analisado e transformado em RPM. O tamanho dos fragmentos também foi analisado. Os dados foram analisados utilizando o teste de normalidade de Kolmogorov-Smirnov ao nível de significância de 1% e foram analisados com ANOVA de dois fatores (RPM e tamanho do fragmento), seguido do teste de Tukey ao nível de significância de 5%.Os resultados obtidos mostraram diferença significativa para o fator RPM (p=0,008), mas não significativa para o fator tamanho do fragmento (p=0,12). Valores médios de RPM obtidos foram de 641 para o instrumento S1 novo (±127,92); 476 para S1 usado (± 182,92); 545 para S2 novo (±66,61); 504 para S2 usado (±150. 01); 453 para F1 novo (±53,18) e 433 para F1 usado (±153,43). Os valores médios dos fragmentos (mm) registrados foram de 6,41 8 (S1 nova); 7,46 (S1 usada); 6,95 (S2 nova); 7,35 (S2 usada); 7,30 (F1 nova) e 7,09 (F1 usada). Todos os instrumentos foram analisados em uma vista lateral e na superfície de fratura em microscopia eletrônica de varredura (MEV) para análise qualitativa dos instrumentos fraturados.
URI: http://hdl.handle.net/10923/503
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000428355-0.pdfTexto Completo4,45 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.