Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/505
Type: masterThesis
Title: Comparação da distribuição de tensões em dois tipos de conexão protética de implantes com parafusos diferentes utilizando o método de análise por elementos finitos com modelo tridimensional
Author(s): Herbstrith Segundo, Regênio Mahfuz
Advisor: Oshima, Hugo Mitsuo Silva
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Issue Date: 2006
Keywords: ODONTOLOGIA
IMPLANTODONTIA
MATERIAIS DENTÁRIOS
MODELOS DENTÁRIOS
RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS (ODONTOLOGIA)
Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar e comparar qualitativamente, através de análise por elementos finitos com modelo 3D, a distribuição das tensões geradas por cargas simuladas sob modelos de implantes, pilares, coroas protéticas metalocerâmicas na região de primeiros molares. As análises foram executadas em 4 modelos tridimensionais: modelo 1 e modelo 2 com encaixe protético tipo hexágono externo e parafuso de pilar de ouro e titânio respectivamente, modelo 3 e modelo 4 com encaixe tipo hexágono interno e parafuso de pilar de ouro e titânio respectivamente, a carga aplicada foi padronizada em 382N com duas angulações diferentes, inclinações de 90º com a superfície oclusal e de 15º em relação ao longo eixo dos implantes, em dois pontos distintos, 4 e 6 mm do centro do implante, em 10 pontos diferentes de observação no conjunto implante-pilar-parafuso. Os resultados obtidos sugeriram que de uma maneira geral, os modelos com encaixe interno (3 e 4) possuem um melhor comportamento mecânico em relação a distribuição de tensões ao longo do complexo implante-pilar-parafuso. Nos modelos 1 e 2 o tipo de material que o parafuso de pilar é feito influencia na distribuição de tensões, por outro lado, nos modelos 3 e 4 isto não foi observado.
The aim of this study was to compare and evaluate, through 3D finite element analysis, strain distribution generate by simulated loads over implants, abutments and metal ceramic crowns models in first molars region. The analysis were executed in four 3D models: model 1 and 2 with external butt joint, with gold and titanium abutment screw, respectively, model 2 and 3 with internal butt joint, with gold and titanium abutment screw, respectively, the standard load was 382N with two different angulations, 90º to occlusal surface and 15º to implant axis, and in two distinct points 4 and 6mm of the implant center, in ten different observation points on the implantabutment- screw set. The results suggested that in a general way, the internal butt joint models (3 and 4) showed a better mechanic behavior related to strain distribution along the implant-abutment-screw set. On the models 1 and 2, the abutment screw material had a great influence on the strain distribution. On the other hand, models 3 and 4 have no such behavior.
URI: http://hdl.handle.net/10923/505
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000388162-0.pdfTexto Completo14,46 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.