Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/5072
Type: masterThesis
Title: A equipe multiprofissional dos Centros de Referência em Saúde do Trabalhador do Rio Grande do Sul: processo de trabalho e os desafios para a efetivação da política de saúde do trabalhador
Author(s): Irazoqui, Maristela Costa
Advisor: Santos, Beatriz Regina Lara dos
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Issue Date: 2011
Keywords: SERVIÇO SOCIAL
SAÚDE OCUPACIONAL
TRABALHADORES - SAÚDE
POLÍTICA DE SAÚDE
ATENÇÃO À SAÚDE
SERVIÇOS DE SAÚDE
Abstract: Neste estudo tem-se por objetivo analisar como ocorre a inserção da equipe multiprofissional no processo de trabalho dos CERESTs do Rio Grande do Sul e quais são os desafios para a efetivação da política da Saúde do Trabalhador a partir desta inserção. Metodologicamente, os caminhos da investigação da pesquisa seguiram a trajetória do estudo qualitativo, utilizando como instrumento para a coleta de dados a entrevista com 21 trabalhadores das equipes dos CERESTS do RS. Utilizando-se da avaliação qualitativa, os dados foram analisados à luz do método de Análise de Conteúdo, por meio da análise temática. Do contato com os trabalhadores, emergiram três categorias, com os objetivos específicos de analisar a inserção da equipe multiprofissional no processo de trabalho dos CERESTs do RS, quais sejam: os aspectos organizacionais, dando ênfase às categorias intermediárias do referido estudo, no que diz respeito ao gerenciamento e compartilhamento de saberes; a atenção à saúde, com ênfase nas ações em saúde e vigilância em saúde; e, por último, os avanços e os desafios para a efetivação da política de Saúde do Trabalhador, a partir da inserção da equipe multiprofissional no processo de trabalho dos CERESTs. Como resultado, o estudo revela que os CERESTs ainda não se efetivaram de fato, conforme a legislação no RS, principalmente no que diz respeito à vigilância nos ambientes de trabalho e à organização da rede de serviços locais de saúde. Em alguns CERESTs as equipes estão constituídas sem ter o mínimo de profissionais preconizados de acordo com a portaria.Ressalta-se, ainda, neste estudo, a dificuldade de o gestor ter a compreensão da efetivação da Política da Saúde do Trabalhador nos municípios de abrangência e principalmente no município sede, mas já é possível dizer que existem alguns avanços, com a implantação do Sistema de Informação (SIST) como recurso próprio.
This study aims to analyze how the insertion occurs in the process of multidisciplinary team working CERESTs in Rio Grande do Sul and what are the challenges for ensuring the policy of Health Workers from this integration. Methodologically, the investigation paths of research followed the trajectory of the qualitative study, using as an instrument to collect data the interview with 21 workers of the CERESTS RS. Using qualitative assessment, data were analyzed by the method of content analysis, through thematic analysis. Through the contact with workers, three categories emerged, with the specific objectives of analyzing the insertion of the multidisciplinary team in the process of working CERESTs the RS, which are: the organizational aspects, emphasizing the intermediate categories of the study, which concerns the management and sharing of knowledge, attention to health, with emphasis on actions in health and health surveillance, and, finally, advances and challenges for effectiveness of Occupational Health policy, from the insertion of the multidisciplinary team in the working process of CERESTs.As a result, the study reveals that CERESTs have not been actually effected, according to the legislation in the RS, particularly with regard to surveillance in the workplace and the network organization of local health services. In some CERESTs teams are formed without the minimum recommended professionals in accordance with the ordinance. It should be noted, though, in this study, the difficulty of the manager to have an understanding the effectiveness of Occupational Health policy in the counties of scope and mainly in the county seat, but it is already possible to say that there are some advances in the implementation of the System Information (SYS) as an own resource.
URI: http://hdl.handle.net/10923/5072
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000437536-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo679,04 kBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.