Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/547
Tipo: masterThesis
Título: Avaliação radiográfica e histológica do osso alveolar mandibular de ratos submetidos à terapia com bisfosfonatos nitrogenados
Autor(es): Maglia, Joane Wobeto
Orientador: Cherubini, Karen
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Odontologia
Data de Publicação: 2010
Palavras-chave: ODONTOLOGIA
ESTOMATOLOGIA CLÍNICA
OSSOS - NECROSE
OSSOS - RADIOGRAFIA
RATOS DE WISTAR
Resumo: Os bisfosfonatos são fármacos que suprimem a reabsorção óssea, o que determina aumento da mineralização e consequente alteração do padrão ósseo típico. A presente pesquisa teve por objetivo avaliar, por meio de exame radiográfico e histológico, alterações do osso alveolar mandibular de ratos (Rattus norvegicus, Wistar) submetidos à administração de bisfosfonatos nitrogenados. Trinta mandíbulas de ratos foram distribuídas em 3 grupos, de acordo com o tratamento recebido: (1) 10 mandíbulas de ratos tratados com alendronato de sódio, (2) 10 mandíbulas de ratos tratados com ácido zoledrônico e (3) 10 mandíbulas de ratos sem tratamento (controle). Os espécimes foram radiografados e processados pela técnica de hematoxilina-eosina (H&E). A densidade óptica da lâmina dura, do ligamento periodontal e do osso alveolar, bem como a distância entre o limite amelocementário e a crista óssea alveolar foram mensuradas. As variáveis também foram submetidas à análise histomorfométrica. Ao exame radiográfico, (1) a densidade óptica do ligamento periodontal e da lâmina dura não diferiram entre os três grupos; (2) a densidade óptica do osso interradicular foi maior no grupo ácido zoledrônico do que no controle, enquanto o grupo alendronato não diferiu significativamente de ambos; (3) a distância entre a junção amelocementária e a crista óssea alveolar não diferiu significativamente entre os três grupos avaliados. No exame histológico, (1) não houve diferença significativa da espessura do ligamento periodontal entre os grupos; (2) o grupo ácido zoledrônico teve distância entre o limite amelocementário e a crista óssea alveolar significativamente menor que os grupos alendronato e controle, os quais não diferiram entre si; (3) a densidade de trabéculas do osso interradicular foi significativamente maior no grupo acido zoledrônico, do que no grupo-controle.Os resultados permitem concluir que (1) o ácido zoledrônico está associado ao aumento da densidade óssea mandibular na região interradicular de molares, tanto ao exame radiográfico quanto ao histológico; (2) o uso de alendronato de sódio ou ácido zoledrônico não é fator suficiente para induzir espessamento do ligamento periodontal e da lâmina dura, ou aumento da distância entre o limite amelocementário e a crista óssea alveolar. Alterações da densidade óssea relacionadas ao alendronato de sódio devem ser investigadas em futuros estudos.
Bisphosphonates are drugs that suppress bone resorption leading to increased mineralization and being able of changing the typical bone pattern. The aim of this study was to evaluate radiographic and histological changes in alveolar bone of rats (Rattus norvegicus, Wistar) undergone administration of nitrogen-containing bisphosphonates. The mandibles of 30 rats were allocated into three groups according to the treatment received: (1) 10 mandibles from rats treated with alendronate, (2) 10 mandibles from rats treated with zoledronic acid, and (3) 10 mandibles from rats without any treatment (control). The specimens were radiographed and processed for hematoxylin-eosin (H&E). Optical radiographic density of the lamina dura, periodontal ligament and alveolar bone, as well as the cement-enamel-junction to alveolar bone crest distance, were assessed in radiographic images.These variables were also subjected to histomorphometric analysis. On radiographic analysis, (1) the optical density of either the periodontal ligament or lamina dura did not differ between the alendronate, zoledronic acid and control groups; (2) bone interradicular optical density was higher in the zoledronic acid group than in controls, but the alendronate group did not show a significant difference relative to the zoledronic acid or control group; (3) cementenamel- junction to alveolar bone crest distance did not differ between the three groups analyzed. On histological analysis, (1) there was no significant difference in periodontal ligament thickness between the groups; (2) the zoledronic acid group showed cementenamel- junction to alveolar bone crest distance significantly smaller than in the alendronate and control groups, which did not differ from each other; (3) the zoledronic acid group showed bone trabecular density at interradicular space that was significantly higher than in controls. The results suggest that (1) zoledronic acid is associated with increased trabecular density of mandibular alveolar bone as demonstrated by both radiographic and histological examination. Neither alendronate nor zoledronic acid is a sufficient factor to induce thickening of the lamina dura and periodontal ligament or increased distance between cement-enamel-junction and alveolar bone crest. The trabecular density changes associated with alendronate should be investigated in further studies.
URI: http://hdl.handle.net/10923/547
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000428361-0.pdfTexto Completo2,5 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.