Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/6696
Type: masterThesis
Title: Brincando de sair pra rua!: entre arreganhos, implicâncias e cuidados no “pátio” do quilombo, na “piscina” do laguinho
Author(s): Pereira, Milena Cassal
Advisor: Ribeiro, Fernanda Bittencourt
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais
Issue Date: 2014
Keywords: SOCIOLOGIA URBANA - PORTO ALEGRE (RS)
CRIANÇAS - SOCIALIZAÇÃO
ADOLESCENTES
BRINCADEIRAS
Abstract: The work deals with the relations of two children and teens who are using the street as a space of leisure and sociability, in two different locations of the city of Porto Alegre groups. A group is away from home and have fun in an artificial lake near the city center, the other resides in an urban Quilombo and has the street as an extension of your home, patio. Objective of the research is to understand the presence of these two groups on the street and the relationships between their networks of contacts and affections in such different places and with little presence of adults. It shows their ways of understanding the age phases that are living and how they are "framed" by the company, and besides their perceptions of the playing space. In this context, from the speech of boys and Girls, dynamic care, fights and affections are configured in both groups, showing how it relates gurizada peer in the street.
O trabalho versa sobre as relações de dois grupos crianças e adolescentes que estão utilizando a rua como um espaço de lazer e sociabilidade, em dois locais diferentes da cidade de Porto Alegre. Um grupo esta longe de casa e divertem-se em um lago artificial próximo ao centro da cidade, o outro reside em um quilombo urbano e possui a rua como extensão de sua casa, um pátio. Objetivo da pesquisa é compreender a presença destes dois grupos na rua e as relações entre suas redes de contatos e afetos em locais tão distintos e com pouca presença dos adultos. Mostra-se suas formas de entendimento sobre as fases etárias que estão vivendo e como são “enquadrados” pela sociedade, além e suas percepções sobre o espaço em que brincam. Neste contexto, a partir da fala dos guris e gurias, dinâmicas de cuidados, brigas e afetos configuram-se nos dois grupos, apresentando como a gurizada se relaciona entre pares na rua.
URI: http://hdl.handle.net/10923/6696
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000459211-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo2,14 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.