Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10923/6802
Type: doctoralThesis
Title: Educação popular na promoção da saúde do idoso no contexto comunitário
Author(s): Lira, Gildeci Alves de
Advisor: Stobäus, Claus Dieter
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Graduate Program: Programa de Pós-Graduação em Gerontologia Biomédica
Issue Date: 2014
Keywords: EDUCAÇÃO E SAÚDE
GERONTOLOGIA
IDOSOS
ENVELHECIMENTO
PROMOÇÃO DA SAÚDE
Abstract: This study aimed to analyze the contribution of Popular Education for health promotion of the elderly in the community context, from practices in University Extension, based on the experience of the Project People's Education and Care for the Family (PEPASF) Health as a qualitative research dialogical and dialectical perspective. The setting of the research was to Mary of Nazareth Community, located in the city of João Pessoa - Paraiba. Participated in the survey, seniors, teachers, students PEPASF, former extension workers and professionals from the Family Community Health Strategy. Data collection was conducted between September 2010 and May 2013, by using techniques of participant observation, interviews and documents. The material was subjected to the dialogical analysis, identifying units of meaning, which originated two categories how to care involved with four subcategories: the reality of the elderly as a starting point of care, dialogue as a means of carrying care, the stimulus and enhancement of the autonomy and empowerment of the elderly and working in networks, and the implications of it in the lives of the elderly, with four subcategories: self-care, autonomy and empowerment of the elderly: new positions in the face of life situations; deal with the finiteness of life, well being, health as evidenced flowering process and renewal of life. The study allowed for consideration of the appreciation of the context of life of the elderly as an important element as the starting point of the work in Health and dialogue proved element trigger mode carefully developed with the elder, for encouragement and enhancement of autonomy and their empowerment. The network action proved to be instrumental in addressing and dealing with the diversity and complexity of the issues experienced by the elderly. Important aspects were highlighted: learning self-care, empowerment and autonomy of the elderly in their family and community context, pointing to the emancipatory aspect of care. We conclude that dialogue, as advocated by the People's Education, proved to be essential for facilitating the promotion of health and active aging.
Este estudo objetivou analisar a contribuição da Educação Popular para promoção da saúde do idoso no contexto comunitário, a partir de práticas na Extensão Universitária, com base na experiência do Projeto Educação Popular e Atenção à Saúde da Família (PEPASF), como pesquisa qualitativa realizada numa perspectiva dialógica e dialética. O cenário da investigação foi a Comunidade Maria de Nazaré, localizada no Município de João Pessoa – Paraíba. Participaram da pesquisa, idosos, docentes, estudantes do PEPASF, ex-extensionistas e profissionais da Estratégia de Saúde da Família da comunidade. A coleta de dados foi realizada entre setembro de 2010 e maio de 2013, mediante utilização de técnicas de observação participante, entrevista e documentos. O material foi submetido à análise dialógica, identificando as unidades de significados, que originaram duas categorias o modo de cuidado envolvido, com quatro subcategorias: a realidade do idoso como ponto de partida do cuidado, o diálogo como via de realização do cuidado, o estímulo e valorização da autonomia e do empoderamento do idoso e atuação em rede; e as implicações dele na vida dos idosos, com quatro subcategorias: auto-cuidado; autonomia e o empoderamento do idoso: novas posturas frente às situações de vida; lidar com a finitude da vida; o bem estar, a saúde evidenciada como processo de florescimento e renovação da vida.O estudo possibilitou considerações sobre a valorização do contexto de vida do idoso como elemento importante como ponto de partida do trabalho em Saúde e o diálogo mostrou-se elemento disparador do modo de cuidado desenvolvido com a pessoa idosa. O incentivo e a valorização da autonomia e do empoderamento do idoso foi considerado como aspecto fundamental para favorecer o envelhecimento ativo. A atuação em rede demonstrou ser fundamental para enfrentar e lidar com a diversidade e complexidade das questões vivenciadas pelos idosos. Aspectos importantes evidenciados foram: o aprendizado do autocuidado, autonomia e empoderamento do idoso no seu contexto familiar e comunitário, apontando para o aspecto emancipatório do cuidado. Concluímos que o diálogo, como o preconizado pela Educação Popular, demonstrou ser imprescindível para o favorecimento da promoção da Saúde e do envelhecimento ativo.
URI: http://hdl.handle.net/10923/6802
Appears in Collections:Dissertação e Tese

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
000461035-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,36 MBAdobe PDFOpen
View


All Items in PUCRS Repository are protected by copyright, with all rights reserved, and are licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License. Read more.