Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/6929
Tipo: doctoralThesis
Título: Relações dialógicas em revista infantil: processo de adultização de meninas
Autor(es): Ferreguett, Cristhiane
Orientador: Di Fanti, Maria da Glória Corrêa
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Data de Publicação: 2014
Palavras-chave: SOCIOLINGUÍSTICA
TEXTO PUBLICITÁRIO - ANÁLISE DO DISCURSO
BAKHTIN, MIKHAIL MIKHAILOVITCH - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
CRIANÇAS E MÍDIA
CONSUMIDORES - PROPAGANDA - INFLUÊNCIAS
Resumo: Nowadays the children live in a society with strong consumer appeal and since they are bombarded by advertising, they early develop the desire to buy superfluous goods that in their imagination will have the power to transform their life in a much better way. In this context, lipsticks, eye shadows, nail polishes, clothes and shoes appropriate for adult women are offered for very young girls as if these things were necessary for them. In the present research we analyze printed reports, which circulated in a special magazine called Recreio Girls, whose target audience is girls from six to eleven years. From the amount of five copies of this magazine, we selected three pieces of advertisment to make up the corpus of this research. The overall objective is to analyze how the advertising discourse is engendered in the discursive building of reports of the mentioned magazine and what effects of meaning are produced in relation to early adultization of girls. The study starts with considerations about the child in a socio-historical perspective and develops reflections on mass communication, general advertising and advertising to children, including also a discussion of the specific legislation. As a theoretical background, the research is supported in the assumptions of the Bakhtin Circle. The analyses are developed qualitatively by observing the various verbal and verbal-visual elements that constitute the selected reports. From such analysis, it is concluded that the reports show several characteristics of advertising discourse, such as presenting brands and product prices. It was observed that there has been a commitment of the speaker to approach the children and to gain their trust through using a change of tone to achieve his goal, sometimes performing as a child speaker, sometimes as an adult who wants to - apparently - take care and protect the children. Early adultization of girls is discursively constructed and can be seen through the strategy to present adults as reference models to girls, showing how they should choose what to dress, how they should wear makeup, have their hair combed as well as how they should behave and be. We also acknowledged that all advertising inserts in the analyzed reports disobey the Code of Consumer Protection (CDC) and the Code of Advertising Self-Regulation of Conar. From this study, one comes to the thesis that the advertising discourse, not completely explicit, engenders in different discursive materialities and encourages, through verbal and non-verbal utterances, the process of early adultization of girls, in order to promote and encourage the consumption of products that in fact are unnecessary for a child.
As crianças vivem em uma sociedade com forte apelo ao consumo e, bombardeadas pela publicidade, passam a ter desejos de aquisição de bens supérfluos que em sua imaginação irão transformar a sua vida para melhor. Nesse contexto, batons, sombras, esmaltes, roupas e sapatos apropriados para a mulher adulta são oferecidos para as meninas como sendo algo necessário para a vida delas. No presente trabalho analisam-se reportagens impressas, veiculadas na revista especial Recreio Girls, que tem como público-alvo meninas de seis a onze anos. Do montante de cinco exemplares publicados da revista, selecionaram-se três reportagens, que constituem o corpus de investigação. O objetivo geral do trabalho é analisar como o discurso publicitário se engendra na tessitura discursiva de reportagens da Revista Recreio Girls e que efeitos de sentidos produz no que se refere à adultização precoce da menina. O estudo parte de considerações a respeito da criança em uma perspectiva sóciohistórica e desenvolve reflexões sobre a comunicação de massa, publicidade em geral e publicidade para crianças, incluindo-se também uma abordagem sobre a legislação específica. Como embasamento teórico, a pesquisa busca respaldo nos pressupostos do Círculo de Bakhtin. As análises são desenvolvidas qualitativamente, observando os diversos elementos verbais e verbo-visuais que constituem as reportagens selecionadas.A partir da análise, conclui-se que as reportagens apresentam diversas características do discurso publicitário, como apresentação de marcas e preços de produtos. Observa-se um empenho do locutor em se aproximar da criança e conquistar sua confiança, usando para isso uma variação de tom, ora de um locutor infantil, ora de um adulto que quer – aparentemente – cuidar e proteger. A adultização precoce da menina é construída discursivamente e pode ser observada pelos modelos adultos apresentados como referência de como a menina/interlocutora deve se vestir, se maquiar, se pentear e do modo como ela deve agir e ser. Constatamos ainda que as inserções publicitárias nas reportagens analisadas desobedecem o Código de Defesa do Consumidor (CDC), bem como o Código de Autorregulamentação Publicitária do Conar. A partir do trabalho desenvolvido, chega-se à tese de que o discurso publicitário, mais ou menos aparente, se engendra em diferentes materialidades discursivas e estimula, por meio de enunciados verbais e não-verbais, o processo de adultização precoce da menina, a fim de promover e incentivar o consumo de produtos normalmente desnecessários para uma criança.
URI: http://hdl.handle.net/10923/6929
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000462673-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo19,11 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.