Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/6989
Tipo: masterThesis
Título: Saúde do trabalhador: estratégias do trabalho interdisciplinar com foco na gestão, saúde e trabalho
Autor(es): Rosa, Kyriê Machado da
Orientador: Kern, Francisco Arseli
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
Data de Publicação: 2014
Palavras-chave: TRABALHADORES - SAÚDE
SAÚDE OCUPACIONAL
INTERDISCIPLINARIDADE
SERVIÇOS DE SAÚDE
Resumo: Este trabalho apresenta um estudo sobre como é desenvolvido o trabalho interdisciplinar de profissionais da área da saúde de uma Instituição Federal de Educação Pública Superior de Porto Alegre/Rio Grande do Sul que atuam diretamente com os trabalhadores afastados por motivo de doenças, durante o período situado entre 2013 e 2014. O estudo está subsidiado pelo método dialético-crítico de inspiração marxiana. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, na qual utilizamos técnicas como entrevistas semiestruturadas realizadas com os técnicos trabalhadores da área da saúde que atuam em uma Divisão de Saúde e com trabalhadores usuários deste serviço, além da análise documental. Discutimos os impactos do trabalho na saúde dos trabalhadores, suas metamorfoses, seu significado atual para os trabalhadores, como também, as estratégias desenvolvidas por uma equipe de saúde desta Instituição para melhor atender as demandas apresentadas pelos usuários do serviço. Refletimos sobre as contribuições que a prática do trabalho interdisciplinar pode gerar tanto para os trabalhadores que realizam este modo de pensar e fazer o trabalho, como aos sujeitos que vivenciam esta experiência durante os atendimentos e acompanhamento desta equipe de saúde. Destacamos o trabalho coletivo como ferramenta de enfrentamento e autonomia da classe trabalhadora frente aos impasses colocados pelo mundo do trabalho.
This paper presents a study on how developed the interdisciplinary work of health professionals of a Federal Institution of Public Higher Education in Porto Alegre / Rio Grande do Sul who work directly with workers made redundant because of illness during the period set between 2013 and 2014. O study is subsidized by the dialectical-critical method of Marxist inspiration. This is a qualitative research, in which we use techniques such as semi-structured interviews with technical workers in the health field working at a Health Division and users of this service workers, in addition to document analysis. We discuss the impact of work on workers' health, their metamorphosis, its present meaning for workers, but also the strategies developed by a health team that institution to better meet the demands presented by users of the service. We reflect on the contributions that the practice of interdisciplinary work can generate both for workers who perform this way of thinking and do the job, as the subjects who experience this experience during the sessions and monitoring this health team. We highlight the collective work as a coping tool and autonomy of the working class facing the dilemmas posed by the world of work.
URI: http://hdl.handle.net/10923/6989
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000464434-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo1,88 MBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.