Utilize este identificador para citar ou criar um atalho para este documento: http://hdl.handle.net/10923/7167
Tipo: masterThesis
Título: A língua de saturno: melancolia em Albertine Disparue, de M. Proust
Autor(es): Corrêa, Éder
Orientador: Mello, Ana Maria Lisboa de
Editora: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Programa: Programa de Pós-Graduação em Letras
Data de Publicação: 2015
Palavras-chave: LITERATURA FRANCESA - HISTÓRIA E CRÍTICA
PROUST, MARCEL - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
ALBERTINE DISPARUE - CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO
CRÍTICA LITERÁRIA
Resumo: O presente trabalho estende o conceito proposto por Marie-Claude Lambotte de que a melancolia possui um discurso próprio, ideia presente na obra O discurso melancólico (1999), e procura aplicá-lo na literatura. Procura-se encontrar e evidenciar os elementos que constituem a melancolia na linguagem literária, neste caso, usando como corpus de análise a obra Albertine Disparue, de Marcel Proust. Produções centradas em discursos em primeira pessoa, como é o caso da narrativa estudada nesta pesquisa, privilegiam a avaliação das formas e dos modos de manifestação das emoções na literatura. O que se pretende é investigar a existência de um discurso ficcional marcadamente dominado por elementos emocionais, enfocando nos enunciados e sequências narrativas, procurando evidenciar um caráter próprio da manifestação do narrador melancólico, de uma linguagem da melancolia e de uma estética melancólica, na obra de Marcel Proust. Assim, à luz do arcabouço teórico da Teoria da Literatura, da Filosofia e da Antropologia, procura-se construir uma interface que se mostra necessária, na contemporaneidade, para o estudo desta emoção dentro de uma obra literária.
This dissertation aims to extend the concept proposed by Marie-Claude Lambotte in which melancholy holds its own discourse, an ideia presented in Le discours mélancolique (1999), and it attempts to apply this concept in literature. The objective is to find and highlight the elements of melancholy in the literary language, in this case, using as analysis corpus the work The Fugitive by Marcel Proust. Productions in first person discourses, as in the case of the narrative studied in this research, emphasize the evaluation of the forms and the manners of manifestation of emotions in literature. The objective is to investigate the existence of a fictional discourse noticeably dominated by emotional elements, focusing on the statements and on the narrative sequences in order to reveal their own character in the manifestation of the melancholic narrator, in a language of melancholy, and in a melancholy aesthetics by Marcel Proust. Within the framework of the theory of literature, philosophy and anthropology, the focus is to build an necessary interface, in contemporaneity, to study this emotion in a work of literature.
URI: http://hdl.handle.net/10923/7167
Aparece nas Coleções:Dissertação e Tese

Arquivos neste item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
000467547-Texto+Completo-0.pdfTexto Completo733,79 kBAdobe PDFAbrir
Exibir


Todos os itens no Repositório da PUCRS estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, e estão licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional. Saiba mais.